1 ano de TatiB-log

outubro 21, 2009

Parabénssssss!!!!!!!
Pessoal, esse mês estamos fazendo um ano de blog. Iuhuuuuuu!!! Passou rápido, né? E claro, eu preprarei uma pequena retrospectiva sobre o TatiB-log.

2009, 2008…tunel

Ele surgiu na brincadeira, eu não parava de falar sobre meu casamento, queria compartilhar cada momento e tirar as dúvidas com outras noivas que estivessem passando pelo mesmo momento que eu. No começo foi difícil manter o blog atualizado, aliás, ainda é, mas já melhorou um pouco. Consigo escrever com bem mais frequência e hoje, principalmente, não compartilho cada detalhe desse momento — que para mim é muito especial, só com noivas, mas também com amigos – de perto, de longe, com a família e até, com desconhecidos. E isso é bom demais. Você faz amizade e percebe a magia da felicidade dos outros.

É muito legal você ler alguma coisa especial mesmo se for de alguém que você nem conhece. Porque aí, você começa a entender e gostar, mesmo sem conhecer. E no final, de tanto lermos as coisas dos outros, acabamos, de uma maneira ou de outra, conhecendo! E é exatamente isso que me encanta nos blogs.

Resumindo, tem sido maravilhoso compartilhar esses momentos com todos vocês, inclusive, eu me aproximei e conheci, de verdade, pessoas que antes eu tinha pouco contato.

bexigaTodo mundo me pergunta se o blog vai terminar depois de dezembro e eu já adianto, não vai não!

Depois do casamento, vai ter a vida de casada, vou ter mil coisas para escrever, aliás, o pessoal que gostou das receitas publicadas vão ler sobre isso muito mais em 2010, afinal, eu vou começar a cozinhar!!!! É, o Noivo que se cuide, ele vai ter que provar tudo e ainda dizer, que delícia! Rsrsrs.

Depois, vou escrever sobre os filhos — sim, eu sou planejada e acredito que venham uns três por aí, rs. E quem sabe, quando eu tiver velhinha e cansada, eu passo o posto para os herdeiros 🙂

Bom, nesse um ano de TatiB-log eu falei de tudo um pouco, da minha futura casa, da “quase” antiga, da família, padrinhos, madrinhas, daminhas, pajen, amigos, fornecedores – e haja fornecedores, falei de Deus – que é a base e sustentação de qualquer relacionamento, falei até do meu trabalho, dos panes no sistema – e haja panes, rs! A gente compartilhou lindas histórias das minhas amigas queridas na editoria “Amigas de Honra”, degustamos as receitas das noivinhas, e claro, demos boas risadas.

Nesse um ano também muitas pessoas me ajudaram, minha família – minha mãe sempre me deixa recado — lindos, por sinal, os amigos – Pri Moraes foi a recordista de recados – valeu, amiga!, e os desconhecidos que me deram apoio, sempre me escreveram. Até os homens que não são tão chegados no assunto deixaram suas marcas, rsrs, e por último, na lista de fornecedores o maior apoio foi da minha xará Tatiana Vasques, da Acontece Consultoria e Assessoria de Eventos. Além de ajudar com a organização do casamento, ela ajudou as noivinhas no SOS Cerimonial, deu dicas de matérias para eu escrever e claro, ajudou na divulgação do TatiB-log.

Obrigada, pessoal! E que a gente esteja juntos aqui, novamente, em 31 de outubro (aniversário do TatiB-log) de 2010 comemorando mais um ano. Enquanto isso, não deixem de acessar, comentar e divulgar o TatiB-log.

Até mais,

Tatib


Casamento

outubro 9, 2009

Sim. A palavra é simples, mas pode mudar totalmente a vida das pessoas. O casamento é o começo da construção de uma nova família. Assim, teoricamente, deve ser um ato bem planejado, de aceitação e vontade de fazer o outro feliz, sempre. Mais do que a euforia por organizar a festa, reunir os amigos e familiares, é um ato de maturidade do casal. Claro, um momento de muita alegria, mas também de responsabilidade.

Bom, comecei com tudo isso, pois muitas noivinhas querem saber de uma parte que eu pulei. Pulei porque eu não precisei disso, mas acho importante falarmos: pré-requisito básico para o casamento:

A idade. Sim, tem uma idade mínima para se casar – 18 anos. Com aprovação dos pais, é possível se casar aos 16. Eu já escrevi aqui que não acho que existe idade certa para casar, uma regra, uma lei. Mas, sim, há ou pelo menos deve existir bom senso.

Assim, 16 anos é muito novo (a), ainda mais nos dias de hoje que o mercado de trabalho exige cada vez mais estudo, curso, intercâmbio etc. A vida de casal já tem as suas próprias adaptações, por isso o ideal é que você tenha tempo de se dedicar ao matrimônio e claro, conciliar todo resto da sua vida. O que deve ser difícil quando se é muito novo e não tem tanta experiência.

* Código Civil determina no artigo 5º que a menoridade da pessoa acaba aos 18 anos de idade completos.


Indignação…

outubro 9, 2009

Sei que estou em falta com vocês, mas prometo logo mais atualizar o blog. Casamento a parte, como assim o presidente do país que mais faz guerra no mundo ganha Nobel da Paz? Ganhou por esforços? Quais esforços? Falam de promessas? Só acredito depois que elas se cumprirem.

Resumindo, nada contra o Obama, mas esse prêmio não foi merecido.

Bom feriado.