Você já pensou em fazer de seu filho um discípulo?

Queridos leitores (as), a ideia de postar toda semana um devocional é para ajudar os casais a terem um momento de reflexão sobre o casamento, sobre o companheiro (a) e com Deus. Isso deveria ser feito todos os dias, mas até todos criarem o hábito, pode ser feito uma vez por semana. Na verdade não há regras, porém nós sempre conseguimos (querendo ou não) ter tempo para inúmeras coisas – trabalho, escola, amigos, família etc. Mas para Deus é sempre mais difícil. Alguns podem pensar que, por exemplo, trabalho é necessidade, pois bem: relacionamento com Deus também! E, por favor, fiquem atento para criar isso por decisão, mas sem precisarem, porque na dor tudo fica mais difícil, e mais dia, menos dia, todos precisarão ter um relacionamento com Deus – Jesus é a luz de nossas vidas.

Tenham uma boa semana. Deus abençoes todos vocês!

—————————————————————————–

Você já pensou em fazer de seu filho um discípulo?

(Do livro Devocional para Casais de Jaime e Judith)

“Pela recordação da tua fé sem fingimento, a mesma que habitou em tua avó, Loide, e em tua mão Eunice…” 2 Timóteo 3.5

Discípulo? A palavra não me era estranha, pelo contrário, era muito familiar, porque estava casada com um missionário. Tinha até viajado mais de 10.000 quilômetros para “fazer discípulos de todas as nações”! Mas nunca pensara em fazer de minhas filhas discípulas.

Sem dúvida a responsabilidade de disciplinar os filhos ainda recai sobre o pai, o líder espiritual da família, sacerdote do lar: contudo as Escrituras também dão muita importância ao papel da mãe.

Um exemplo disso é Timóteo. Ele sempre serviu de modelo do que significa discipular. Todos nós gostaríamos de realizar na vida de outras pessoas o trabalho que Paulo fez na vida de Timóteo.

Mesmo assim, Paulo não quis assumir todos os méritos pelo treinamento de Timóteo. Em 2 Timóteo 1.3-5, ele escreveu ao seu filho na fé:

Dou graças a Deus, a quem desde os meus antepassados, sirvo com consciência pura, porque sem cessar me lembro de ti nas minhas orações., noite e dia. Lembrado das tuas lágrimas, estou ansioso por ver-te, para que eu transborde de alegria, pela recordação que guardo da tua fé sem fingimento, a mesma que primeiramente habitou em tua avó Loide, e em tua mãe Eunice, e estou certo de que em tia também.

Antes mesmo de Paulo conhecer Timóteo, sua mãe Eunice, já estava lhe dando a base dos princípios da fé cristã.

O plano de Deus é que suas verdades sejam passadas de uma geração a outra, de pai para filho.

Pense no princípio da multiplicação! Imagine o impacto que poderíamos causar no mundo se cada cristão discipulasse seus filhos, e estes filhos, por sua vez, fizessem o mesmo com os seus, tornado-os capazes de também ensinar outros.

Pense nisso: Você já pediu a Deus para ajudá-lo (a) a fazer de seu filho um discípulo? Você tem sido um discípulo do Senhor, incentivando, assim, seu filho a também se tornar um discípulo?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: