Consultoria de Imagem

março 13, 2011

Oi, pessoal!

Sei que estou super sumida, mas a verdade é que não consigo atualizar o blog. Mesmo assim, espero que vocês consigam aproveitar o que já fou publicado.

Bom, participei de dois dias de um workshop sobre moda. Foi super bacana, então eu compilei as informações que apredemos e espero que vocês gostem.

 

Sua imagem é seu marketing pessoal

Você é o que as pessoas vêem!

Comportamento: a educação como ponto de partida

– Um dos maiores e verdadeiros luxos do mundo

– Só se for em 100% do tempo

– Almoço ou jantar com amiga, namorado, marido, familiares? Celular guardado na bolsa. Celular em cima da mesa só se você estiver esperando uma ligação urgente. Caso contrário, deixe-o guardado na bolsa com um volume que possa escutar. Nada de toques com música: “O rebolachion chion chion..”. No trabalho, celular sempre no vibra ou silencioso.

– Tom de voz e gestos à mesa: nunca coloque o cotovelo em cima da mesa, no máximo as mãos.

– Nunca (sei que é difícil, mas vamos tentar) hostilizar colegas de trabalho ou pessoas do seu meio (fofoca).

– Pontualidade sempre

– Palavrinhas mágicas: obrigada, com licença

– Respeitar os mais velhos

– Flores para agradecer uma gentileza. A propósito, mulheres dão flores para mulheres, claro que não são rosas vermelhas, mas flores é uma grande delicadeza às amigas.

– Caderninho e caneta na bolsa: sempre bom para anotar qualquer emergência, mesmo com o Blackberry ou iPhone, eles são tecnologias e podem falhar.

– Nada de arrogância ou exibicionismo: isso é totalmente fora de moda

Eu sou assim? Modelos de corpo

*Retangular ou semi-retangular

É quando os ombros, quadris e cintura tem as medidas parecidas. Sem muitas curvas. Precisa criar a ilusão de curvas.

O que usar?

– Saia evasê, rodadas, cintura levemente baixa, calças pantalonas, mangas, decotes em V ou U, casaco, jaqueta e tecidos com textura

– Não usar cinto na linha da cintura

– Valorizar a região do colo

– Não usar jaquetas curtas na altura da cintura

– Calça ou saia de cintura alta

– Casaco com abotoamento duplo ou corte reto

* Pêra

É quando a medida dos quadris é maior do que a dos ombros.

O que usar?

– Roupas claras na parte superior e escuras na parte inferior

– Evitar saias evasês

– Evitar calças que marquem muito o quadril

* Triângulo Invertido

É quando a medida dos ombros é maior do que a do quadril.

O que usar?

– Roupas claras na parte inferior e escuras na  parte superior

– Saias evasê

– Calças com bolsos tipo “faca”

– Usar peças com o volume maior na parte inferior

* Oval

O corpo oval é de pouquíssima cintura e um formato de tronco arredondado. Geralmente quem tem esse corpo dá idéia de ser mais gordinha, nem sempre isso é real. A pessoa que está acima do peso pode ter um outro formato. É preciso verificar.

O que usar?

– Chame atenção para pernas usando roupas mais claras na parte de baixo, se não tiver quadris largos. Vale a pena lembrar que o objetivo é desviar a atenção da barriguinha e da cintura. Exemplo: Se você acha que está com uma barriguinha, nada de colocar um colar grande (que fique em cima da barriga ou próximo). Pois ele irá chamar a atenção. O mesmo vale para as mãos, por exemplo unha roída: se a pessoa não quer que as demais percebam, nada de usar esmalte escuro ou muitos anéis.

– Use blusas de preferência lisas e em tons escuros, pois isto irá disfarçar o volume na parte de cima

– Blusas com listras verticais ajudam a afinar a silhueta, por isso use-as sem medo

– Use decotes que chamem atenção para o colo, de preferência em V ou em U

– Saias evasês estão na moda e cai bem com seu tipo de corpo

– Evite: roupas claras na parte de cima, listras horizontais na parte de cima, blusas e vestidos com recorte abaixo do busto e estampas chamativas.

* Ampulheta

No caso do corpo ampulheta os ombros e quadril têm a mesma medida e a cintura é bem definida.

O que usar?

– Roupas que valorizam a cintura bem definida

– Pode-se abusar de várias cores e estampas tanto na parte superior como na inferior

– Usar calças bem modeladas

– Blusas que valorizem o busto e ombros

– Com bom senso, o corpo ampulheta pode “tudo”

Dica: tire suas medidas, depois, pegue um papel branco bem grande. Fique de lingerie e peça para alguém contornar seu corpo no papel. Só assim você conseguirá se ver de verdade. Coloque suas medidas e com seu molde, imagine e anote o que cai bem em você.

Cores: o que elas querem dizer?


* Azul: conservador, leal e verdadeiro

* Azul marinho: responsável e íntegro – cor muito usada pela área financeira

* Laranja: cordial acolhedor, cor da amizade, popular – cor que deixa com cara de barato, perde o prestígio de chique, fino.

* Bege: inofensivo, calado

* Vermelho: energético, forte, sexo, um pouco de agressividade

* Amarelo: dinâmico, disposto e alegre – cor que deixa com cara de barato, perde o prestígio de chique, fino.

* Vinho: poderoso, nobre e elegante

* Cinza: sério, humilde e maduro

* Preto: sofisticado, poderoso, seguro, cheio de autoridade

* Branco: frescor, limpeza, honesto, novo

* Verde escuro: equilibrado, centrado, conservador

* Marrom: sem ambição, conservador

* Rosa: paciente, amável

* Turquesa: egoísta, diversão

Cores no dia a dia:

Nós podemos usar todas, mas tudo depende da ocasião e a mensagem que você quer passar.

Exemplos:

– Enterros: ninguém vai aparecer com um rosa neon, afinal, você não quer chamar atenção, por isso o preto, bege, cinza e marrom são as cores mais indicadas. Sua mensagem é descrição.

– Trabalho: evite o vermelho. No ambiente corporativo passar uma imagem “sexy” é terrível, pois as pessoas não podem confundir seu talento e habilidade com sua beleza. Sua mensagem é credibilidade e potencial, opte por azul, azul marinho, preto. Em caso de reunião com cliente: se você for o gerente do banco e precisa conquistar um cliente, opte pelas cores mais chiques. Agora se você é um comerciante e tem uma quitanda, as cores laranja e amarelo são boas opções, dão um tom de popular. Isso não significa que são cores feias ou “pobres”, mas é preciso saber a hora de usá-las.

Lembre-se sempre: qual a mensagem que você quer passar? Sua roupa (o modelo, a cor) e seus atos são os primeiros dizeres de quem você é ou quem você quer ser, em determinada situação.

Em alguns casos, você pode criar personagens, afinal, em cada ambiente que você convive é preciso passar uma mensagem.

Exemplos:

– Em casa, com o seu marido: você não vai colocar uma lingerie azul ou laranja, né? Você vai optar pelo rosa, vermelho, vinho, preto.

– Com seus amigos: você pode ser você mesma (o), não há muitas mensagens para passar.

O que você quer que eles falem de você? Ou ainda: como se manter longe do alvo de comentários das pessoas? Use as cores.

Estilos: qual o meu?

*Moderno: lançadora de tendência, está usando o que vai ser usado daqui um ano. Exemplo de pessoa moderna: Lady Gaga.

Ponto forte: inovadora. Ponto fraco: intimidante. Exemplo: você está atravessando a rua e precisa saber que horas são. Você vê duas pessoas: o moderno (estilo Lady Gaga, Rita Lee) e uma pessoa mais discreta. Você acaba indo na mais discreta. A outra te intimida, você fica com receio de se aproximar.

*Tradicional: verifica se a roupa tem qualidade, pois quer que ela dure anos e anos. As palavras que definem o tradicional são: qualidade e atemporalidade.

Ponto forte: confiável e maduro. Ponto fraco: conservador e previsível.

*Romântico ou retrô: gosta de rosa, lilás, renda, babado, é toda delicada e feminina. Tem mania de falar: escolinha, carrinho, blusinha. Gosta de pérolas e acessórios delicados.

Ponto forte: amabilidade. Ponto fraco: pode passar uma imagem de frágil e fraca. Essa imagem ambiente de trabalho é negativa, pois o mercado espera e busca profissionais “fortes”. Se te acharem frágil, dificilmente, ganhará uma promoção ou liderança.

*Natural: prefere o conforto sempre. Isso é mais importante do que tudo. Gosta de neutralidade, tons pastéis, Não gosta de estampa. Em muitos casos, gosta do meio ambiente.

Ponto forte: consumo consciente. Ponto fraco: pode parecer ou transmitir a ideia de desleixo.

*Criativo: original, usa o que sente vontade de acordo com o humor. Adora o colorido, acessórios. Tem sempre um toque exótico, gosta dos detalhes.  Ponto forte: bem-humorada (passa essa mensagem ao se vestir).

*Sexy: valoriza o corpo, gosta de se insinuar. Prefere brilhos, transparência, fendas, decotes. Os cabelos geralmente são longos ou estão presos de forma a mostrar a nuca. Gosta de oncinha, zebrinha, couro, saltos finos, acessórios exagerados e perfume forte.

Ponto fraco: pode passar uma imagem “pervertida”.

*Esportivo: informalidade, jovial. Os “quarentões” costumam gostar e optar muito por esse estilo. Gosta de camiseta, jeans e tênis. Gosta de esporte e da ideia de que pratica esporte. O fato de ser esportivo não significa que usa a roupa para praticar esporte, geralmente usa esse estilo para freqüentar churrascos, ir ao supermercado, salão etc.

Importante: nós não temos um único estilo. Nós podemos ter dois, três ou todos os estilos. Mas um deles sempre é o predominante. Isso não significa que você poderá ter sempre seu estilo, pois há situações (como no trabalho) que talvez você não possa usar.

Exemplo:

– Dilma Roussef: ela poderia ser moderna, mas ela não pode aparecer no palanque estilo Lady Gaga. Até poderia, mas não cai bem, perde credibilidade.

– Uma mulher muito sexy precisa evitar esse estilo para não causar uma má impressão. Não por preconceito. Veja exemplo: é uma executiva e vai visitar um cliente. Será oferecido um produto. A pessoa não pode chamar mais atenção do que o produto ou serviço oferecido. A melhor comunicação não é o que se quer dizer, mas o que as pessoas entendem.

Dica: a mulher sexy que não pode ficar demonstrando na maior parte do tempo seu estilo predominante, a dica é usar esse estilo na lingerie. O importante é você saber que está se sentindo sexy. O mesmo vale para as românticas.

Vale lembrar que nunca a lingerie pode aparecer.

Guarda-roupa inteligente


1-     Memorize: monte um mural com imagens que você gosta de catálogos e revistas. Crie looks com suas próprias roupas, Tire foto e isso pode facilitar na hora de escolher a roupa (para festa, dia a dia, reuniões de família, trabalho).

2-     Limpe: tire tudo e reavalie cada roupa. O que não servir, não gostar ou não estiver em bom uso, doe.

a.      Sugestão: reunir as amigas e promover um bazar de roupas. Com o dinheiro, pode-se fazer uma doação ou uma viagem entre as amigas.

b.      Dica: separe as roupas por itens (camisas, camisas de frio), depois por cores. Se viajar muito, deixe um espaço separado para as roupas que costumar levar nas viagens e outro para as roupas que, geralmente, ficam. Separe os acessórios do verão e do inverno.

c.      Peças funcionais: independente do estilo, algumas peças são básicas no guarda-roupa de homens e mulheres. Segue:

Mulheres:

– vestido preto

– terno

– tailler

– cardigã de tricô (peças de tricô)

– camisa branca

– t-shirt branca e preta

– jaqueta jeans

– jaqueta de couro

– capa (trench coat bege ou preto, estilo europeu)

– sapato

– bota

– sandália fina de salto

– rasteira

– jeans: Preferencialmente de modelagem reta e escuro

– bolsa de cor neutra grande de toda hora, uma elegante e uma pequena para situações formais.

Homens:

– terno preto

– boa gravata

– camisa branca

– blazer versátil

– cardigã de tricô

– t-shirt branca e preta

– jaqueta de couro

– pólo

– sapato

– sapatênis

– bermuda

– jeans escuro

Dica: não usar muito jeans com lavagem ou recortes, eles são muito informais. Os outros podem ser aproveitados em mais composições de looks.

3-     Ame e ame-se: não guarde roupas que você goste pouco ou mais ou menos.Você tem que amar a roupa. Lembre-se: se tem alguma peça que você comprou há duas estações e nunca usou, saiba que não irá usá-la mais. Doe!

4-     Compre o necessário: não compre por impulso ou porque está em promoção. Saiba exatamente o que você precisa: caro ou em conta; necessário ou mimo. Lembre-se que as peças tem que combinar. Compre em época de liquidação de lojas conceituadas e prefira sem estampa que marcou muito a estação. Elas saem de moda rapidamente. Todas as peças devem ter seu uso maximizado. Isso faz parte da consciência global de consumo da moda.

5-     Liberte-se: estilo é liberdade. Só tome cuidado com os exageros. Vá fazer as compras com alguém que você confie. Existe um estilo: mas não deixe de lado os padrões.

6-     Misture: mas nem tanto, muitas grifes juntas matam a produção. Estilo independe da etiqueta. Dê o papel principal a uma ou duas peças no máximo. Seu corpo, sua roupas, as cores, os acessórios e você precisam conversar entre si. Isso é estar na moda. Isso é ter estilo.

7-     Balanceie: ter estilo é saber renunciar as tendências que não são para você.

8-     Renuncie: estilo não é eterno. Ele reflete um momento da sua vida: quando você muda de casa, emprego, namorado, quando se casa, tem filhos, é natural que seu estilo mude também!

Organizando a mala de viagem

– Mala chique é mala que vai vazia e volta cheia

– Uma parte debaixo para cada dia da viagem

– Duas partes de cima para cada parte debaixo

– Ferro de passar roupa

– Secador de cabelo bivolt

– Kit primeiro socorros de costura

– Kit remédio (dor de cabeça, barriga, anti-inflamatório)

– Nada de levar roupa para estrear: leve o que tem certeza de que lhe cai bem

– Poucos sapatos e duas bolsas (no máximo)

– Check list do que precisa levar na mala (parece bobo, mas facilita muito)

– Bolsa de mão grande com: lingerie, malha fina, luvas e cachecol (dependendo do destino)

– Biquíni (ou sunga)

– Use o sapato pesado durante a viagem, assim sobra mais espaço na mala

– O mesmo vale para a bolsa: é com a grande que você vai viajar

Como montar a mala

– Peças pesadas embaixo: sapatos, cintos (todos encapados)

– Aproveite e coloque as meias ou relógio no interior do calçado

– Lingerie por baixo, pois não amassa

– Roupas leves por cima: camisetas em rolinhos

– Blazer e jaquetas do avesso

– Calça no fundo, aberta, esticada. Coloca as demais peças em cima, assim sobre mais espaço

– Leve sacos plásticos para roupas sujas (separe as peças íntimas)

– Etiquete e personalize a mala

– Não se esqueça dos acessórios: cinto (sempre combinando com o sapato – no caso dos homens), pulseiras, brincos e relógio.

Dica: no inverno e no trabalho: usar brincos pequenos. No verão: aposte nos grandes brincos e nas argolas.

Compras acertadas


– Invista em peças curingas (as funcionais) e sempre considere as peças para todas as áreas da sua vida: família, trabalho, casa, shopping.

– Não compre peças falsificadas: qual a graça de estar usando uma peça falsa? Se não tem como comprar, economize um pouco mais ou troque de marca. Quem entende de marcas saberá quando seu produto for falsificado e te achará brega por isso.

Fonte

– Workshop de Consultoria de Imagem ministrado por Maria Alice Ximenes e Paula Chiaradia, nos dias 26/02/2011 e 12/03/2011, na Livraria Cultura, do Shopping Iguatemi.

Obs.: Vale lembrar que tudo que está escrito aqui foi o que eu entendi do conteúdo passado.


Como decorar a casa nova?

agosto 30, 2010

Pessoal, sei que estou super sumida, massssssss, é a vida!!!!!!!

De qualquer forma, passo rapidinho aqui para deixar uma dica (de pós casada), sobre o novo lar.

Como encontrar o harmonia dos móveis na casa nova? Como conciliar os seus gostos + o do companheiro? Afff, difícil? Ah, nem tanto. É preciso ceder. Eita, mas é difícil, eu sei!!!!!! Mas não impossível.

Como decorar?

Não é preciso ter muito dinheiro para decorar bem bonita sua nova casa. Claro que ele ($) ajuda, mas o bom gosto acima de tudo. Se você puder contratar um profissional da área especializado, ajuda também, mas o mais importante: é estar do seu gosto.

Quando eu e o Noivorido começamos a montar nossa casa – a maior parte das decisões foi dele. Mas eu aceitei, pq ele tem um ótimo gosto (modéstia a parte, rsrs). Mas, não podemos negar, contamos com uma mega ajuda do meu pai – que é especialista no assunto: decoração, pisos, cortinas, persianas, papel de parede, revestimento, tudo que vocês possam imaginar. Ele já está na área há mais de seis anos e sabe como vender sua ideia!!!!!!!

Bom, preparei para vocês uma listinha de dicas básicas de como decorar, vejam abaixo:

1º passo: contrapiso: veja se está tudo em ordem com seu contrapiso para não ter problemas na hora da instalação do piso, carpete etc.

2º passo: verifique toda parte elétrica e hidráulica – passe todos os fios que tiver que passar antes!!!!!!! E quebre tudo que precisar enquanto não colocou piso, pintou etc.

3º passo: gesso, sanca ou afins: escolha modelos simples e que combinem com ambiente. Não me vai colocar uma sanca gigante em uma sala minúscula. Ah, e não pense só na beleza, quanto mais entrada tiver sua sanca, mais sujeira e mais canseira. Pense no bonito, barato e prático.

4º passo: armários. Já veja se vai querer embutí-los, pq, se for o caso, você já economiza no metro do piso desejado – que é o próximo passo.

5º passo: escolha o piso desejado. Os laminados são a melhor indicação para quem busca conforto e praticidade. Sem contar que são lindos de morrerrrrrr.

6º passo: pintura. Cor clássica ajuda no momento de indecisão. Não pinte com cores carregadas, pq depois de três meses o casal estará enjoado. Locais pequenos a sugestão são os tons pastéis.

7º passo: Invista nos papéis de parede. É sempre bom dar uma vidinha a casa nova e eles caem bem em qualquer cômodo. Em alta: colocar papel de parede no lavado, em uma parede que você quer destacar na sala, no quartinho do baby, ahhhhhhh, eles ficam perfeitos em qualquer ambiente!

8º passo: revestimentos. Antes de colocar os móveis, verifique onde quer dar um destaque diferenciado para casa e busque as opções de revestimentos, sou suspeita em dar minha opinião, afinal, na minha casa tem na sala e no quarto. Você pode embutir a TV ou apenas fixá-la em cima. Um charme!

9º passo: hora de comprar os móveis: avalie sempre o tamanho do ambiente, nd de deixar coisas grandes em lugares pequenos. E o contrário também é brega!!!!!!! Nada de colocar sofá ou qualquer outra coisa bloqueando portas, é terrível. A casa tem que ter uma sintonia, beleza, praticidade, conforto…

10º passo: cortinas e persianas. Você escolhe o que prefere. Se tem dúvida, dá pra colocar as duas de uma vez só. Dúvida? Fala com meu pai, entende tudo do assunto! Cortina é essencial: se você mora em apartamento tem que ficar esperta com os trajes, sem contar a invasão de privacidade, independente da roupa. Depois, ninguém merece acordar com aquele sol na cara!!!!!!!! E estraga os móveis, pisos, affffffffff. E por último: são lindas, dão um charminho especial pra nova morada.

11º passo: os tapetes. Eles são lindos, úteis (na sala você pode deitar sobre eles), dão energia para casa e protegem o chão (amenizam o barulho)…e ah, quem não gosta de tapete?

12º passo: depois que você fizer tudo, sempre vai dar vontade de colocar uma nova coisa, de trocar aqui, mexer ali, cuidar da casa e decorar é ótimo!!!!!!!!!!!


Clube de Assessores de Eventos Sociais apresenta as primeiras ações

junho 9, 2010

O CAES – Clube de Assessores de Eventos Sociais – comemorará um ano de fundação somente no segundo semestre deste ano, porém já tem bons motivos para festejar. Fundado em setembro passado, o Clube contabiliza mais de 30 empresas associadas, um número que não para de crescer, uma vez que os pedidos de adesão têm aumentado dia após dia. Além disso, hoje o CAES já conta com diferentes parceiros cadastrados, de decoradores a cabeleireiros. E para celebrar seu aniversário promete o 1º Congresso Anual de assessores de todo o país para outubro, cujo tema será “Em busca da excelência”.

Sentimos que o mercado estava carente desse tipo de clube. Precisávamos mostrar que esse é um segmento confiável e comprometido com a prestação de serviços que oferece. O Congresso será a confirmação desse trabalho”, explica Andreza Novais, presidente do CAES, destacando que “para o cliente, a existência do clube é mais uma garantia de que ele terá um trabalho qualificado e de acordo com suas expectativas”.

A filosofia do CAES é unir a classe de assessores de eventos, promover o intercâmbio de informações e valorizar o trabalho do assessor perante o mercado. Para tanto, o Clube organiza reuniões bimestrais para discutir os assuntos mais relevantes da área de eventos, como valores dos serviços prestados, pagamentos de mão-de-obra, definição de horário de trabalho, contratos etc. “Nosso objetivo é criar um manual de conduta, ou seja, uma espécie de ISO, para ser seguido pelos membros do clube, oferecendo assim oportunidades a todos”, destaca Andreza.

Com isso, o Clube pretende eliminar a barreira relacionada aos fornecedores. “Alguns deles, sejam buffets, fotógrafos, decoradores, igrejas não aceitam o nosso trabalho e nos colocam como rival. Queremos mostrar a estes profissionais que trabalhamos em parceria, sempre zelando pelo bom atendimento ao cliente”, diz a presidente.

E para se associar ao CAES não é preciso pagar. Basta enviar um pedido de adesão ao e-mail contato@clubedeassessores.com.br com referências de trabalhos e o clube analisará se concederá ou não a permissão para ingressar à comunidade. Não há limites de empresas associadas e o CAES pretende estender sua atuação para o interior de São Paulo e outros Estados. Mais informações podem ser obtidas em http://www.clubedeassessores.com.br ou pelos telefones (11) 4161-6408/ 9451-9721.

Sobre o CAES

Fundado em setembro de 2009, o CAES – Clube de Assessores de Eventos Sociais – tem como missão unir a classe de assessores de eventos para valorizar o trabalho e, sobretudo, garantir a qualidade dos serviços prestados. O CAES conta hoje com a participação de quase 30 assessores representando mais de 20 empresas atuantes no mercado de eventos sociais. Entre elas estão: 4 Estações Eventos, ABC Assessoria , Acontece Consultoria, ADC Eventos, Adriana Perez Assessoria, Beautiful Day, Casamento e detalhes, Celebrar Assessoria, Gamata Assessoria, Jah Eventos, Jane Alves Assessoria, Kriz Kruz Assessoria, Partie Eventos, Potencial Eventos, SOS noivos, entre outras. Sua diretoria é formada por cinco profissionais: Andreza Novais (presidente), Regiane Samartin (vice-presidente), Camila Schmidt, Adriana Perez e Maísa Tamberlini (diretoras). Mais informações podem ser obtidas por meio do site www.clubedeassessores.com.br ou pelos telefones (11) 4161-6408/ 9451-9721.


Meu álbum

abril 15, 2010

Com exclusividade para meus amigos, leitores e companheiros de blog: meu álbum!



Vestido de Noiva, como escolher?

abril 8, 2010

Ok, você vai casar. Definiu o local, a igreja e agora, na minha opinião, a parte principal e sequencial é, sem dúvida, o vestido. Ele é tudo na hora do casamento e claro, ele está ligado ao estilo da noiva.

Nem todas as mulheres sonham em estar vestidas de cinderelas, mas uma festa não vale nada se a noiva não estiver belíssima e por isso, a equipe do TatiB-log preparou uma matéria completa sobre a escolha do vestido de noiva e tudo isso para ajudar as noivinhas na hora da escolha, principalmente, minha amiga e futura cunhada, Flá (que está rumo ao altar).

Então, vamos là!!!!!!!!!

Primeiro passo: comprar ou alugar?

Isso varia muito de noiva para noiva. Durante o encontro de noivos conheci pessoas que compraram o vestido. Aliás, acho super legal, mas, sinceramente, quem vai usá-lo depois? Se você tiver irmã saiba: ela não vai querer estar como você, se tiver amiga: idem – cada noiva quer viver o seu momento e não ficar sendo comparada as outras! Se você estiver sonhando em deixá-lo para sua filha (se vier menina, porque você corre riscos eminentes de ser um homenzinho) e mesmo que isso não aconteça, você não tem garantia de que sua filha irá querer usá-lo. Resumindo: a dica é alugar.

Se você pensou em algo feito especialmente para você a dica é a primeira locação. Em geral, são mais caras, porém vale a pena se você não gostou de mais nada que as lojas te oferecem! Mas lembrem-se: pesquisem muito, principalmente, quem está em busca de economia total! Por outro lado, fiquem atentas: eu mesma amei meu vestido na primeira loja que fui. Quando fui tirar a prova dos “30” (para verificar o preço e tudo mais), constatei na segunda loja uma variação de 300 reais a menos. Ok, eu poderia ter ficado muito contente, porém a qualidade do tecido mudou e essa variação era baixa se comparada com a excelente qualidade do primeiro.

Como escolher meu vestido?

Antes de mais nada, defina seu estilo (essa é a regra básica número um, afinal, quem vai querer ousar justo no grande dia?). Mas, se você pretende quebrar as regras, procure o melhor modelo que se encaixa ao seu corpo – noivas, por favor, valorizem o corpo e enalteçam sua beleza!

Estilo, qual é o meu?

O seu estilo de vestido deve ser o seu estilo da festa e claro que isso influenciará no modelito a vestir. Assim, as noivinhas devem verificar as seguintes coisas:

– tipo físico: magrinha, gordinha, alta, baixa etc;

– horário da cerimônia: dia, tarde ou noite;

– estilo da cerimônia: formal, simple, requintado, para 200 pessoas, para 500 ou mais etc;

– estação do ano: se você for casar em julho e a noite: nada de vestidos de alcinha – onde todos os convidados estão cheios de roupa e só a noiva parecendo que está na praia. O mesmo vale para o verão: nada de mangas e luvas (no máximo, depois das 20h). Olhem essa foto: vestido lindo, para casamentos no inverno e a noite! Chique demais!


Tendências

A moda agora é estilo sereia para quem quer entornear o corpo e silhueta evasée com laço na cintura para quem quer realçar o corpo com mais suavidade.

Véu curto, longo, mantilha ou grinalda?

– Olha que interessante (eu nem imaginava), mas véu quer dizer, em árabe, hijab – o que separa duas coisas, ou seja, a vida de solteira da vida de casada. Os véus são super diferenciados, podem ser curtos, longos, com bordados, brilhos etc. Quando o vestido tem cauda longa, pede-se um véu mais curto – senão é muita coisa para a noiva carregar. Vestidos com caudas pequenas pedem véus longos – sempre no sentido de dar leveza ao visual. Para cerimônias durante o dia o mais recomendando são os véus curtos. Já os longos são indicados para cerimônias após às 18h. Vale lembrar que quanto mais bordado o vestido tiver, mais discreto deve ser o véu e vice-versa.


– A mantilha tem a mesma função do véu, porém ela contorna melhor o rosto da noiva. E, normalmente, tem bordados em seu entorno. Lembrando que a renda do vestido deve combinar com a renda da mantilha. E ela é sempre mais curta, ficando entre o véu curto e o véu longo.

Mantilha

– A grinalda deixa a noiva parecendo uma princesa, uma rainha. Porém, é de uso exclusivo dos casamentos noturnos e mais: pomposos!!!!!! Mas, se você que vai casar de dia quiser muito uma grinalda, a regra da etiqueta pede que use-a como tiara, ok? Última coisa: nada de grinaldas altas (não há nada pior que a grinalda ser maior que o noivo, rsrs).

Grinalda

Noiva romântica

Vestidos rodados com a famosa saia balão são os prediletos das adeptas do romantismo. Antigamente, usava-se as mangas bufantes ao estilo cinderela. Mas agora está fora de moda e a opção para as noivas que ainda querem usar os vestidos rodados é modernizar a parte de cima. Eu mesma fiz assim. Tomará que caia ou frente única são as sugestões. Colocar brilhos ou decorar com fitas (como no vestido de Lavínia Vlasak), que por sinal, inspirou o meu vestido dão um ar mais moderninho!

Noiva romântica moderna

Como já descrevi acima elas são as do modelo evasée e laços na cintura. Elas querem manter o romantismo, mas fugir da clássica e antiga saia de balão. Costumam usar brilhos, flores e rendas.


Noiva clássica

Preferem os vestidos retos, mas com o colo à mostra. Quem tem bastante seio, os decotes em “V” enaltecem. As mais magras podem optar por corpetes. Já o corpete com silhueta em “V” alonga o tronco e afina a cintura. Cuidado para não parecerem magras demaisssss! Os tecidos são variados: cetim, seda, rendas, bordados e as aplicações estão em alta (aliás, quando não estão?).

Noiva moderna

São as que possuem mais opção. Por serem modernas misturam todos os estilos e ousam na hora da escolha. Criam, mexem daqui, dali e no final, aparecem de maneira surpreendente deixando os convidados extasiados. Misturam renda com drapeados, colocam pedras, muito babados e plumas – que estão super na moda. O modelo mais famoso é com a silhueta sereia: firme na cintura e bem aberta para baixo do joelho.

Por último, as noivas devem definir o cabelo, a maquiagem, o buquê, mas só quando decidirem sobre o vestido: a peça principal da noiva!!!!!!!!! Mais dicas sobre os vestidos, maquiagem, cabelo e afins estão sendo preparadas pela nossa consultora de moda, Tainá Hernandes! Não percam: na próxima terça na editoria Curtas Fashion!



Pizza Rápida

abril 8, 2010

Pessoal, falei da pizzada e não disse como fazer a pizza, kkkkkkk. Como eu AINDA não sou uma super cozinheira, achei essa receita na internet e amei. Super fácil e tenho certeza que vocês vão gostar.

Ingredientes:

1 Kg de farinha de trigo

2 colheres de banha

1 ovo inteiro

2 tabletes de fermento biológico

1 xícara de óleo

1 pitade sal

1 pitada de açúcar

5 xicaras de água

Obs.: O Gui coloca um pouquinho de pinga, dá um toque mais especial. Tentem!

Modo de preparo:

– Coloque a farinha em uma bacia e acrescente o fermento, o sal, açúcar, ovo e o óleo.

– Coloque a água em uma panela e quando estiver morna misture a banha até desmanchar.

– Em seguida acrescente aos poucos na massa até obter ate o ponto de sovar.

– Sove bem, abra com o rolo, uma massa bem fina, como a de pizzaria mesmo e coloque em formas untadas com óleo e farinha.



Bodas de Prata

abril 8, 2010

Do latim vota (plural de votum – promessa), a palavra boda refere-se ao fato de fazer os votos matrimoniais. Nada mais é que a celebração, civil ou religiosa, que celebra o casamento ou suas comemorações. E como melhor que casar é comemorar os anos ao lado do companheiro, nosso post de hoje vai falar de como organizar uma boda, mas nada tradicional.

Normalmente, os casais mais tradicionais comemoram as bodas em noite de gala. Quem não teve a oportunidade de fazer a festa dos sonhos quando casou, quer aproveitar as bodas para realizar uma grande festa. Mas, para quem está com a grana curta e não quer deixar em branco uma data tão especial – seja bodas de prata, ouro etc., confiram as dicas.

Quando eu fiz um mês de casada, meus pais estavam completando 25 anos. Meu sonho era poder presenteá-los com uma comemoração. Nada glamuroso, mas simples, bonito e verdadeiro, assim como foi a vida de casados dos meus pais.

Pois bem, eu decidi organizar tudo. Eu fugi do tradicional: festa de gala, jantar requintado e tudo mais. Foi uma pizzada surpresa e todos participaram.

Como organizar:

1- lista de convidados;

2- confirmar presenças;

3- comprar os “comes e bebes”;

4- decorar o salão;

5- aproveitar a festa!!!!!!!

Como fazer a pizzada:

1- Definir os tipos de pizza:

– calabresa: mussarela, calabresa, orégano e cebola

mussarela: mussarela e cebola

portuguesa: mussarela, ovo, presunto e cebola

2- Comprar os itens extras:

– azeitona,

tomate,

– palmito,

milho,

ervilha,

molho de tomate,

bacon,

– azeite

3- Se for fazer a massa:

– farinha,

– oléo,

sal,

– açúcar,

pinga,

ovo

4- Itens a serem usados:

– espátula,

lenha,

cortador de pizza,

assadeira,

guardanapos,

rolo de macarrão

5- Bebidas:

– verificar o que será servido: refrigerante, suco, cerveja, vinho e água.

como calcular: meio litro de refrigerante por pessoa, três latas de cerveja por pessoa.


Nosso dia começou cedo. A Jú, para variar, foi a pessoa escolhida para me ajudar a organizar tudo. Ela pegou a decoração da bodas de 25 anos da sogra dela e levou para enfeitarmos o salão para os meus pais. Assim, já economizamos um bocado 🙂 Compramos bexiga na cor da decoração (prata e branca). Fizemos o famoso arco – fácil e rápido de fazer (se tiver pelo menos três pessoas, como foi o nosso caso – eu, Jú e Rafa). Montamos as mesas, colocamos os ingredientes na bancada, afinal, o diferencial da pizzada foi todos ajudarem. Todo mundo colocou a mão na massa e criou a própria pizza. Foi muito divertido. Todos aprovaram a pizza do Gui, nosso amigo que esteve presente, ensinou o pessoal a fazer a massa e cuidou de tudo. Dani e Caê foram os responsáveis pela cantoria: Nem mesmo o céu, nem as estrelas, nem mesmo o mar, o infinito…

Resumindo: foi um dia delicioso, o padre esteve presente, fizemos a benção, teve parabéns, muita música e o mais importante, Deus em nossos corações. Sejam criativos, aproveitem as datas especiais para serem lembradas e compartilhadas com todos. Pais, amo vocês!!!!!!!!