No trabalho, amor à primeira vista

março 22, 2010

Por Cláudia Perogini

Nosso primeiro encontro foi em nosso local de trabalho. Eu nunca havia pensado que iria encontrar o amor da minha vida assim. Mas encontrei e foi amor à primeira vista.

Nossos olhos brilhavam, não conseguíamos parar de olhar um para o outro. Era uma felicidade inexplicável. Todos que por ali estavam notaram a admiração que tivemos um pelo outro, parece que já estávamos enxergando o nosso futuro.

Surgiram alguns comentários por parte de nossos colegas de trabalho (tudo muito discretamente, é claro), outros vieram nos dar conselhos e o Dênis, como sempre, não perdeu tempo. Foi logo me convidando para sair. Fiquei muito envergonhada, mas resolvi aceitar o convite.


Foi então que no dia 03/02/2004 fomos ao teatro. Isto foi apenas um pretexto, neste dia se iniciou o nosso namoro.

No total, foram quatro anos e dez meses de namoro e mais um ano de noivado. Foi ótimo, em todos estes anos fizemos muitos amigos em comum, realizamos muitos sonhos e a cada dia que se passava fomos percebendo que fomos feitos um para o outro.


Enfim, no dia 19/12/2009, realizamos o nosso maior sonho! Chegou o dia do nosso casamento!!! Nossa! Que maravilhoso! Nossos pais, irmãos, cunhados, parentes e amigos: todos ali reunidos para a celebração de nosso casamento.

Sensação inexplicável, só quem já viveu este dia sabe o que estou dizendo. Cada detalhe foi muito planejado e sonhado.

Agora ficam as lembranças e a vontade de conquistarmos outros sonhos, porém agora eternamente juntos e com a benção de Deus!!

Anúncios

Nossa história: Simone e Emerson

setembro 11, 2009

Por Simone Delgado

Era uma vez…uma princesa e um príncipe que se conheceram através de um amigo em comum, chamado Léo, mais precisamente no dia 18 de agosto de 1990, em um barzinho chamado Orangotango, na linda cidade de Vinhedo!

Nessa noite o príncipe sentou-se ao lado da princesa, se serviram de coca-cola e batata-frita (petisco preferido do príncipe) e ficaram conversando a noite toda sobre diversos assuntos. Assim, o príncipe e a princesa se apaixonaram, mas (como toda boa e bela história de amor), a princesa não acreditou que aquele lindo príncipe, do jeito que ela sempre sonhou estava mesmo apaixonado por ela. Sendo assim, naquele tempo, se tornaram apenas bons amigos!

Foram 5 anos de amizade, onde a princesa sempre ligava para o príncipe para lhe desejar feliz aniversário! Já o príncipe, sempre passava no colégio ou no trabalho da princesa para lhe oferecer uma carona, convidar para dar uma volta e bater papo. A princesa sempre se lembrava dele e muitos fatos inusitados tornavam realidade novos encontros e novas surpresas.

Como a princesa sempre lembrava do aniversário do príncipe (25/4), no ano de 1995, mais uma vez a princesa ligou para lhe desejar feliz aniversário! Como todos os anos, ele não estava em casa e sempre tinha que deixar recado com a mãe do príncipe!

Após 3 meses do aniversário, em uma bela noite de férias da princesa, o telefone toca na casa dela e por surpresa geral: era o príncipe! Acreditam, o príncipe ligou para agradecer os votos de feliz aniversário três meses depois! Rsrsrsr. E, para alegria da princesa, eles marcaram um encontro para colocar o papo em dia até o final das férias.

Na última semana de férias a princesa cansada de aguardar o príncipe ligar, tomou coragem e ligou para o príncipe, afim de marcarem o encontro! Isso aconteceu em 26 de julho de 1995 e como uma bom príncipe, ele estava assisitindo futebol…

Bem, marcamos o grande encontro para 28 de julho de 1995! Finalmente, o grande dia! Era o último dia de estágio da princesa na empresa Carborundum (atual Saint Gobain). É, a princesa estava mudando de trabalho!!! Nesse dia, a princesa que trabalhava com a amiga de infância Alêzinha, comentou que a vida dela iria mudar a partir daquele dia! Rsrsrs.

A noite, a princesa ficou aguardando o príncipe buscá-la em casa, após as aulas de reposição que ele iria dar – o príncipe era professor naquela época. Quando foi lá pelas 22h30, o príncipe chegou! E olha que nesse dia nem tia Nereide reclamou que a princesa iria sair naquele horário, com uma pessoa que ela só conhecia de ouvir!!!! Perfect!

Lá fomos nós para outro barzinho, agora mais calminho. Naquela semana, a princesa foi pesquisar na cidade qual barzinho seria mais propício para se encontrarem. O escolhido chamava Piu Bella. Fomos para lá e advinha o que o príncipe pediu para petiscar? É, foi batata-frita! Mas, a bebida (como a princesa já tinha na época 22 anos) foi Kaiser Bock……. ôôô Kaiser Bock!!!!

Ficamos até às três da manhã batendo papo! E daquele dia em diante, não nos desgrudamos mais. A música que o príncipe escolheu para a princesa, declarando seu amor foi Pretty Woman e a princesa, dessa vez, acreditou que podia ser feliz. Foram quatro anos de namoro, quando em 1999 nos casamos! A cerimônia foi maravilhosa. Tudo perfeito!

Estamos juntos há 14 anos, sendo 10 de casados, que por sinal, serão comemorados esse mês. Na verdade, já começamos a comemoração viajando no último final de semana para Serras Gaúchas!

E essa é a nossa linda e eterna história de amor! Passamos por muitos desafios juntos, que fizeram nosso amor crescer ainda mais. O que podemos dizer aos jovens queridos amigos noivos: valeu a pena cada momento que passamos juntos e com certeza aqueles que estão por vir! E nunca se esqueçam da promessa que farão diante do altar: na alegria e na tristeza, na saúde e na doença…TODOS OS DIAS DE NOSSAS VIDAS!

Que Deus ilumine suas vidas!

Bjs,

Mone e Emerson

Por Simone Delgado


Noivinhas reunidas

agosto 25, 2009

Sete mulheres reunidas, cinco noivas e duas casadas, assunto principal: o casamento. Como foi, como é e o que está por vir!!!!!!! Não se assustem, segundo minha madrinha Aline e minha amiga Priscila muitas coisas boas estão por vir!!!

noivas_dois

Na última sexta decidimos nos juntar para falar do nosso assunto do momento: os preparativos para o grande dia. É importante trocarmos ideias, contatos e apoiarmos umas as outras nesse momento que apesar de ser muito especial, nem sempre é fácil. Entre os problemas relatados temos, excesso de pessoas nas listas, como conciliar os sonhos dos pais no grande dia e aonde encontrar tanto dinheiro para fechar fornecedores cada vez mais caros!

Mas, eu, Priscilas, Bruna, Aline, Claúdia e Dani juntas, demos um jeito nisso! Rsrs. É, realmente, muito complicado conciliar a parte financeira. Assim, fazemos alguns esforços. Na minha lista de cortes quem dançou foi o docinho. Isso mesmo, eles são ótimos, lindos e tentadores, mas estão no ranking dos mais caros. Com isso, optei por deixar apenas o bolo e o sorvete. Além disso, também terei o bem-casado.

Ah, uma dica BBB: minha vó fará balas de coco para o casamento. Isso mesmo! Balas de coco!!!! Rsrs. Já falei com minha cerimonialista e ela disse que vai ficar legal e diferente passar distribuindo as balas. Além disso, vai dar um charme e ficar original na mesa de bolo, afinal, quem já viu bala de coco em casamento? Só mais uma coisa, segundo o Noivo, o papel da bala tem que ser branco – nada de azul, rosinha ou amarelinho, rs, segundo ele, pode parecer festa de criança!!!

Além de conversarmos muitíssimo, nós também somos prendadas e fizemos alguns pratos para degustarmos. Hummmmm, assim, as noivinhas irão escrever suas receitas e eu irei publicar aqui nos próximos posts, aguardem!

E aqui, para finalizar, vou deixar a lista de indicação de contatos:

– Decoração: Além da Isabel, minha florista que tem um trabalho lindo e o preço é incomparável, também preciso relatar o trabalho do Aldo Silvestre (8122-4729), o primeiro florista que eu fui e adorei! O trabalho dele é lindo, porém para mim, ficou acima do esperado.

– Buffet:: Para mim, sem dúvida, o Gyga Byte, né? O trabalho que o Juliano está desenvolvendo é ótimo, o salão está reformado e lindo. Mas, quem quer outras opções, temos, Victórias Eventos – excelente espaço para cerimônia religiosa e festa e Coxilha Grill – atendimento de qualidade e fartura de comida, inclui estacionamento.

– Coral: Eu e a Aline optamos pelo Sexteto, já conheço o trabalho deles, é muito bonito. Já a Claudia fechou com o Alegreto, ótima opção também. Outra indicação feita pelo meu amigo Rafa Pio foi o coral Música e Vozes (3232-5300 – Falar com Valdir ou Rosana), excelente trabalho e nós conhecemos os responsáveis pelo coral, são pessoas de confiança e isso é fundamental, principalmente, no dia do casamento.

– Banda: Super suspeita essa indicação, rsrs. Porque é claro que eu indico a Pop Z (9303-2671 – Falar com Rafael), que para mim, além de ótima banda, tem um preço super acessível. A Aline fechou com o Planeta Imagem – saiu um bom preço, porque ela fechou dj, iluminação, foto e filmagem, esse pacote compensou.

– Bem-casados: Além de um bem-casado gostoso, eu conheço esse trabalho trabalho de perto e sei que é feito no capricho e com muitos cuidados. Recomendo, Arte da Lau (3201-6687 – Falar com Laurinda).

– Bijouterias: Bruna Bijouterias é claro. Nossa estilista top, que faz qualquer tipo de biju e com preços ótimos! Aliás, nosso encontro de noivas virou, de repente, uma loja de biju, creme, perfumes e tudo mais.

– Cerimonialista: Ter ou não ter? Muitas noivas acham que dão conta do recado sozinhas, eu também achava isso. Mas, depois que contratei esse serviço, percebi que não conseguiria sem! Ou melhor, até conseguiria, mas as chances de cometermos erros são enormes e não vale a pena arriscar, justamente, nesse dia. Então, eu aconselho procurar uma cerimonialista e se você quer economizar, faça como eu, contrate apenas para o dia. — e não é porque ela estará lá só no dia, que ela não vai te dar dicas. Já as noivas que, realmente, não tem tempo para nada, fechem o pacote completo — que inclui até cotação dos fornecedores. Eu indico Acontece Consultoria e Eventos.


Como tudo começou…

julho 8, 2009

Bom, nestes últimos tempos eu não fiz nenhuma aquisição de móveis e nem decidi nada. Se bem que eu e o Noivo quase compramos o sofá, lindo por sinal. Mas, o bom senso prevaleceu e vamos aguardar, afinal, as contas não param de chegar, rs!

Só para constar, segunda-feira passada, eu e o Noivo demos mais um importante passo. Finalmente assinamos o contrato do apartamento e vamos pegar as chaves definitivas, graças a Deus. Estou muito feliz!!!!!!!!!

====================================================================

Mudando de assunto, eu e o Noivo fizemos oito anos de namoro! Meu Deus, quanto tempo!!!!!!! Foram tantas histórias, lembranças…

Eu conheci o Noivo pela internet, acreditam? Na verdade, as minhas amigas conheceram uns amigos, via ICQ – ah, saudades do ICQ. Até que um dia, marcaram de se encontrar. Isso aconteceu no ano de 2000, eu estava na 8ª série.

Eu me lembro que todos se conheceram, mas eu ainda não tinha visto ninguém. Até que em uma festa junina da minha antiga escola, eu conheci toda a turma do JDE. É, eles se identificavam como JDE – Jardim Eulina. Logo de cara, o Noivo me odiou. Ele me achou fresca (eu, imagina!) porque eu estava chorando na festa. Coisas de adolescente, certo?! Rs.

Não foi amor à primeira vista, pelo contrário, a gente não se gostou. Ele até começou a namorar outra colega do grupo. E assim, a vida continuou…

E como o amor é mesmo uma coisa “louca”, de repente, do dia para a noite, eu passei a olhar para ele de um jeito diferente. Ele já não estava mais namorando e começamos a conversar. Ele diz que de “cara” já percebeu minhas segundas intenções, e por isso, me deu “bola”. Rs. Convencido, não?! Um pouquinho…

Mas, nós não começamos a namorar. Na verdade era um namorico! Um ano depois, finalmente, o Noivo pediu para namorar comigo. Ah, que alegria! Rs.

tati_rafa

Bom, em todo este tempo juntos aconteceram um milhão de coisas e todas coisas boas. Até as coisas que pareceram ser ruins, no final se transformaram em coisas boas. O tempo ajuda a gente a crescer, amadurecer e se aperfeiçoar. Só tenho lembranças positivas do meu relacionamento com o Noivo, na graça de Deus. E tenho certeza de que teremos um casamento abençoado.

Uma coisa que aprendemos no curso de noivos e nos marcou muito é que o relacionamento tem que ser a três: Eu, o Noivo e Jesus. Pois é Ele quem nos dá direcionamento e força para melhorarmos e prosseguirmos. É Ele quem abençoa nossas vidas.

Bom, desejo que todas as pessoas encontrem verdadeiros (as) companheiros (as), pessoas fiéis e dedicadas, e que juntos, construam um relacionamento em Cristo.


Último aniversário solteira…

julho 2, 2009

Como eu disse, eu ando meio sem tempo para ver as coisas do casamento. Na verdade, nem é falta de tempo, mas estamos bem adiantados e por isso, nossas atividades deram uma acalmada.

Mas, tem uma coisa boa para gravar! Na última terça, dia 30, foi meu aniversário. O último solteira. Não teve nada demais, mas, por outro lado, foi diferente, inesquecível e especial.

É que este ano tudo foi preparado com o amor e carinho dos meus pais. Minha mãe se encarregou de fazer o bolo salgado, encomendar o doce – aquele favorito, desde minha infância. Meu pai foi buscar…ajudar minha mãe a organizar tudinho.

E depois, a comemoração. Sempre com as pessoas queridas, que eu gosto muito. A propósito, quero agradecer todos que me ligaram, mandaram mensagens e estiveram presentes, neste dia, que para mim, é muito especial. Eu adoro aniversários.

Para o ano que vem, eu e o Noivo teremos que preparar a “festa”, pensar no que vamos servir aos amigos, organizar a casa…e tudo também será especial e inesquecível.

==============================================================

Mudando de assunto, sábado será dia de faxina. Se tudo der certo, vou trocar as chaves da casa, finalmente, rs. Porque sou um pouco sistemática e quero garantir a segurança do local! Rs.


Amor à primeira vista existe

junho 7, 2009

Por Tatiana Vasques

Meu amor pelo Eduardo foi à primeira vista. Dizem que nós escutamos “sinos” quando encontramos a pessoa certa e foi exatamente isso que aconteceu. Eu estava no casamento da secretária da escola de idiomas em que eu lecionava e nem sabia que ele, como aluno, seria convidado, porém eles eram amigos e ele foi. Quando eu o vi, escutei os tais “sininhos”. Não sei, porém algo diferente aconteceu: eu só conseguia olhar para ele e pensar nele e a recíproca parecia verdadeira. Não trocamos nenhuma palavra, mas ficamos lado a lado (eu estava de salto e ele hoje me diz que só ficava pensando assim: “não vai dar, ela é muito grande para mim” – risos). Só sei que quando ele foi embora, o casamento perdeu a graça. Quis ir embora no momento seguinte.

edu_tati_dois tati_edu brinde_tati_edu

Depois nos encontramos na escola, porém ele não era meu aluno. Que pena! Ficávamos apenas nos olhares. No final do ano, teve a festa de encerramento e lá estava ele de novo. Lindo!! Trocamos olhares e ele disse que ia me convidar para me levar embora para casa, porém uma outra pessoa fez isso e eu disse “não”. Ele ficou com medo de levar a mesma resposta. Mal sabia ele que tinha dito isso porque estava esperando o convite dele, porém isso não aconteceu e o ano terminou.

Quando as aulas recomeçaram, em fevereiro, tive a felicidade de saber que daria aulas de inglês a ele. No começo, ficávamos apenas nos olhando até que eu soube que ele tinha feito uma aposta com outro aluno da sala sobre quem ficaria comigo primeiro. Quando soube disso, me irritei e fui tirar satisfações. Saímos para conversar, ele “esclareceu tudo” (até hoje não sei direito se a aposta aconteceu mesmo), porém não ficamos.

A partir daí, ele começou a me chamar para sair e exatamente no dia em que completaria um ano que eu tinha me separado do meu antigo relacionamento, começamos a namorar (21/03/99) e tudo aconteceu de forma mágica e engraçada porque antes mesmo dele me beijar, ele perguntou se eu queria namorá-lo (a tal secretária do casamento disse que eu era muito séria – risos de novo). Como eu nunca tinha ouvido essa frase antes, caí na gargalhada e respondi: “como posso saber se nem nos beijamos” e aí tudo começou. Namoramos por pouco mais de seis anos, noivamos por alguns meses e estamos casados há mais de 3 anos, ou seja, são 10 anos juntos.

Hoje agradeço a Deus por tê-lo colocado na minha vida. Apesar de desentendimentos de vez em quando (que todo casal tem) sou mais do que feliz com ele. O Edu já me ajudou e ainda me ajuda nos momentos mais difíceis e sem ele, minha vida certamente não teria tanta graça. Deixo aqui registrado que o AMO muito e por todo o SEMPRE.

Bê, obrigada por ter me dado essa oportunidade de declarar meu amor por meu marido.

Taty (06/06/09)


Grande dia!

maio 27, 2009

Por Pamela Zanutelo

Bom, o que dizer sobre a decisão mais importante que tomei em minha vida? Até conhecer meu marido, eu nunca tive a vontade de casar. Nunca ninguém me despertou esta vontade. Eu era uma pessoa que não se amarrava a ninguém e sempre colocava a carreira em primeiro lugar.

Até conhecer o Leo, e pasmem! Por orkut!!!!! Vi uma foto dele em um orkut de uma amiga e o achei lindo!! Mas claro que nem fiz nada, só comentei com esta amiga sobre ele. Mas ela agiu como cupido e comentou com ele. Por um mês conversamos por orkut, msn e telefone, até que decidimos nos conhecer pessoalmente.

Após 3 encontros ele me pediu em namoro. Após um ano e meio ele me pediu em casamento. Foram 3 anos juntos até nos casarmos em 5 de abril de 2008.

Fui muito criticada pela decisão, pois eu iria me casar muito nova, diziam – com 24 anos. Achavam que eu me tornaria dona-de-casa, que iria me arrepender…Pelo contrário, até agora me pergunto se não deveria ter casado antes.

pam-leo

Toda a preparação para o casamento é desgastante, gasta-se muito dinheiro, mas vale a pena!! E estar casada é muito melhor do que a festa! Se você teve a sorte de ter uma pessoa trabalhadora, inteligente, fiel e companheira, pode ter certeza que não irá se arrepender.

Eu sempre penso nos casamentos que deram certo e não nos fracassados. Meus avós estão juntos há mais de 50 anos e é emocionante ver como o amor e a paixão não enfraqueceram. Eu me volto para estes exemplos e não de outros.

Claro, a partir do momento que você decide casar ou morar com alguém, é necessário muita responsabilidade, paciência, (afinal, as pessoas são diferentes), companheirismo e muito amor! Não me arrependi da decisão e estou muito mais feliz agora.

leo-pam