No trabalho, amor à primeira vista

março 22, 2010

Por Cláudia Perogini

Nosso primeiro encontro foi em nosso local de trabalho. Eu nunca havia pensado que iria encontrar o amor da minha vida assim. Mas encontrei e foi amor à primeira vista.

Nossos olhos brilhavam, não conseguíamos parar de olhar um para o outro. Era uma felicidade inexplicável. Todos que por ali estavam notaram a admiração que tivemos um pelo outro, parece que já estávamos enxergando o nosso futuro.

Surgiram alguns comentários por parte de nossos colegas de trabalho (tudo muito discretamente, é claro), outros vieram nos dar conselhos e o Dênis, como sempre, não perdeu tempo. Foi logo me convidando para sair. Fiquei muito envergonhada, mas resolvi aceitar o convite.


Foi então que no dia 03/02/2004 fomos ao teatro. Isto foi apenas um pretexto, neste dia se iniciou o nosso namoro.

No total, foram quatro anos e dez meses de namoro e mais um ano de noivado. Foi ótimo, em todos estes anos fizemos muitos amigos em comum, realizamos muitos sonhos e a cada dia que se passava fomos percebendo que fomos feitos um para o outro.


Enfim, no dia 19/12/2009, realizamos o nosso maior sonho! Chegou o dia do nosso casamento!!! Nossa! Que maravilhoso! Nossos pais, irmãos, cunhados, parentes e amigos: todos ali reunidos para a celebração de nosso casamento.

Sensação inexplicável, só quem já viveu este dia sabe o que estou dizendo. Cada detalhe foi muito planejado e sonhado.

Agora ficam as lembranças e a vontade de conquistarmos outros sonhos, porém agora eternamente juntos e com a benção de Deus!!

Anúncios

Como tudo começou…

julho 8, 2009

Bom, nestes últimos tempos eu não fiz nenhuma aquisição de móveis e nem decidi nada. Se bem que eu e o Noivo quase compramos o sofá, lindo por sinal. Mas, o bom senso prevaleceu e vamos aguardar, afinal, as contas não param de chegar, rs!

Só para constar, segunda-feira passada, eu e o Noivo demos mais um importante passo. Finalmente assinamos o contrato do apartamento e vamos pegar as chaves definitivas, graças a Deus. Estou muito feliz!!!!!!!!!

====================================================================

Mudando de assunto, eu e o Noivo fizemos oito anos de namoro! Meu Deus, quanto tempo!!!!!!! Foram tantas histórias, lembranças…

Eu conheci o Noivo pela internet, acreditam? Na verdade, as minhas amigas conheceram uns amigos, via ICQ – ah, saudades do ICQ. Até que um dia, marcaram de se encontrar. Isso aconteceu no ano de 2000, eu estava na 8ª série.

Eu me lembro que todos se conheceram, mas eu ainda não tinha visto ninguém. Até que em uma festa junina da minha antiga escola, eu conheci toda a turma do JDE. É, eles se identificavam como JDE – Jardim Eulina. Logo de cara, o Noivo me odiou. Ele me achou fresca (eu, imagina!) porque eu estava chorando na festa. Coisas de adolescente, certo?! Rs.

Não foi amor à primeira vista, pelo contrário, a gente não se gostou. Ele até começou a namorar outra colega do grupo. E assim, a vida continuou…

E como o amor é mesmo uma coisa “louca”, de repente, do dia para a noite, eu passei a olhar para ele de um jeito diferente. Ele já não estava mais namorando e começamos a conversar. Ele diz que de “cara” já percebeu minhas segundas intenções, e por isso, me deu “bola”. Rs. Convencido, não?! Um pouquinho…

Mas, nós não começamos a namorar. Na verdade era um namorico! Um ano depois, finalmente, o Noivo pediu para namorar comigo. Ah, que alegria! Rs.

tati_rafa

Bom, em todo este tempo juntos aconteceram um milhão de coisas e todas coisas boas. Até as coisas que pareceram ser ruins, no final se transformaram em coisas boas. O tempo ajuda a gente a crescer, amadurecer e se aperfeiçoar. Só tenho lembranças positivas do meu relacionamento com o Noivo, na graça de Deus. E tenho certeza de que teremos um casamento abençoado.

Uma coisa que aprendemos no curso de noivos e nos marcou muito é que o relacionamento tem que ser a três: Eu, o Noivo e Jesus. Pois é Ele quem nos dá direcionamento e força para melhorarmos e prosseguirmos. É Ele quem abençoa nossas vidas.

Bom, desejo que todas as pessoas encontrem verdadeiros (as) companheiros (as), pessoas fiéis e dedicadas, e que juntos, construam um relacionamento em Cristo.