Essa é pras noivinhas…

abril 20, 2010

Por Tainá Hernandes

Finalmente chegou o dia de escolher o seu vestido! Mas, como tomar uma decisão tão difícil? Afinal, são várias as coisas que devem ser levadas em consideração, certo? Seu tipo físico, o horário e o grau de formalidade da cerimônia e até a estação do ano!

Separei algumas dicas que podem ajudar as noivinhas a arrasarem nesse dia que é tão especial para elas! Visite muitas lojas, experimente vários vestidos, de diferentes modelos, veja fotos, converse com as amigas, peça opiniões e o mais importante: aproveite essa fase tão gostosa!

Se você pretende usar um vestido de noiva feito com um tecido nobre (seda, cetim, renda, veludo ou musseline), o modelo do vestido deve ser mais clean, justamente, para realçar a beleza do tecido. Se você optar por um tecido mais simples, escolha um modelo mais trabalhado – mas evite exagerar nos enfeites. Babados, pedrarias e bordados demais podem esconder sua beleza.

Vale lembrar aqui que o tamanho da igreja escolhida influencia na escolha do vestido. Em outras palavras, uma capelinha no campo não comporta um imenso vestido com 5 metros de véu, assim como uma catedral não combina com um vestido muito básico, né?

Usar ou não luvas fica a seu critério – e o comprimento delas varia sempre de acordo com o modelo do vestido e o horário da cerimônia. Cada caso é um caso, melhor pedir a opinião da estilista que está fazendo o vestido ou da loja em que vai alugar!

Se você vai casar durante o dia (antes das 18h), pode escolher usar um chapéu. Ele acompanha bem vestidos e taillers, longos ou curtos.

Também, quando o casamento é diurno, o branco deixa de ser obrigatório, você pode usar um vestido em tons pastel.

O casamento diurno é mais informal, como vocês puderam perceber, então, a noiva pode ousar um pouco mais. Se tiver cabelo comprido, vale até usá-lo solto.

Vamos falar um pouco de acessórios: os brincos devem ser discretos e combinar com o vestido. Se ele for muito bordado no corpo, melhor não usar colar. O véu pode ser de renda ou de tule, curtinho ou bem comprido (o que vale aqui é o seu gosto, além do modelo do vestido, horário da cerimônia e tamanho da igreja), com tiara ou grinalda – à sua escolha.

A grinalda, tiara ou arranjo de cabeça deve acompanhar sempre os tons do vestido, combinar com o desenho do seu rosto, com o tipo de penteado e com o modelo do vestido – tiaras brilhantes não combinam com casamentos diurnos! (neste caso prefira as de pérolas ou flores).


Os sapatos da noiva devem ser de pelica na tonalidade do vestido ou forrados com o mesmo tecido do vestido ou de seu detalhe. Dependendo do modelo e da estação do ano, dá para usar uma sandália ao invés do sapato. Neste caso, o cuidado com os pés deve ser redobrado!

Se optar por usar bijuteria, escolha um colarzinho de pérolas, se combinar com o seu vestido. Evite pulseiras, broches e anéis. Se o casamento for à noite, dependendo do vestido escolhido, vale um colar com mais brilho.

Se você quiser ter daminhas em seu casamento, lembre-se que o estilo das roupas das baixinhas deverá acompanhar o do vestido da noiva e todas deverão usar modelos iguais. Os vestidos não precisam ser iguais ao da noiva.

Nas mãos leve apenas o buquê
… e aguarde pela tão sonhada aliança!

Anúncios

Vestido de Noiva, como escolher?

abril 8, 2010

Ok, você vai casar. Definiu o local, a igreja e agora, na minha opinião, a parte principal e sequencial é, sem dúvida, o vestido. Ele é tudo na hora do casamento e claro, ele está ligado ao estilo da noiva.

Nem todas as mulheres sonham em estar vestidas de cinderelas, mas uma festa não vale nada se a noiva não estiver belíssima e por isso, a equipe do TatiB-log preparou uma matéria completa sobre a escolha do vestido de noiva e tudo isso para ajudar as noivinhas na hora da escolha, principalmente, minha amiga e futura cunhada, Flá (que está rumo ao altar).

Então, vamos là!!!!!!!!!

Primeiro passo: comprar ou alugar?

Isso varia muito de noiva para noiva. Durante o encontro de noivos conheci pessoas que compraram o vestido. Aliás, acho super legal, mas, sinceramente, quem vai usá-lo depois? Se você tiver irmã saiba: ela não vai querer estar como você, se tiver amiga: idem – cada noiva quer viver o seu momento e não ficar sendo comparada as outras! Se você estiver sonhando em deixá-lo para sua filha (se vier menina, porque você corre riscos eminentes de ser um homenzinho) e mesmo que isso não aconteça, você não tem garantia de que sua filha irá querer usá-lo. Resumindo: a dica é alugar.

Se você pensou em algo feito especialmente para você a dica é a primeira locação. Em geral, são mais caras, porém vale a pena se você não gostou de mais nada que as lojas te oferecem! Mas lembrem-se: pesquisem muito, principalmente, quem está em busca de economia total! Por outro lado, fiquem atentas: eu mesma amei meu vestido na primeira loja que fui. Quando fui tirar a prova dos “30” (para verificar o preço e tudo mais), constatei na segunda loja uma variação de 300 reais a menos. Ok, eu poderia ter ficado muito contente, porém a qualidade do tecido mudou e essa variação era baixa se comparada com a excelente qualidade do primeiro.

Como escolher meu vestido?

Antes de mais nada, defina seu estilo (essa é a regra básica número um, afinal, quem vai querer ousar justo no grande dia?). Mas, se você pretende quebrar as regras, procure o melhor modelo que se encaixa ao seu corpo – noivas, por favor, valorizem o corpo e enalteçam sua beleza!

Estilo, qual é o meu?

O seu estilo de vestido deve ser o seu estilo da festa e claro que isso influenciará no modelito a vestir. Assim, as noivinhas devem verificar as seguintes coisas:

– tipo físico: magrinha, gordinha, alta, baixa etc;

– horário da cerimônia: dia, tarde ou noite;

– estilo da cerimônia: formal, simple, requintado, para 200 pessoas, para 500 ou mais etc;

– estação do ano: se você for casar em julho e a noite: nada de vestidos de alcinha – onde todos os convidados estão cheios de roupa e só a noiva parecendo que está na praia. O mesmo vale para o verão: nada de mangas e luvas (no máximo, depois das 20h). Olhem essa foto: vestido lindo, para casamentos no inverno e a noite! Chique demais!


Tendências

A moda agora é estilo sereia para quem quer entornear o corpo e silhueta evasée com laço na cintura para quem quer realçar o corpo com mais suavidade.

Véu curto, longo, mantilha ou grinalda?

– Olha que interessante (eu nem imaginava), mas véu quer dizer, em árabe, hijab – o que separa duas coisas, ou seja, a vida de solteira da vida de casada. Os véus são super diferenciados, podem ser curtos, longos, com bordados, brilhos etc. Quando o vestido tem cauda longa, pede-se um véu mais curto – senão é muita coisa para a noiva carregar. Vestidos com caudas pequenas pedem véus longos – sempre no sentido de dar leveza ao visual. Para cerimônias durante o dia o mais recomendando são os véus curtos. Já os longos são indicados para cerimônias após às 18h. Vale lembrar que quanto mais bordado o vestido tiver, mais discreto deve ser o véu e vice-versa.


– A mantilha tem a mesma função do véu, porém ela contorna melhor o rosto da noiva. E, normalmente, tem bordados em seu entorno. Lembrando que a renda do vestido deve combinar com a renda da mantilha. E ela é sempre mais curta, ficando entre o véu curto e o véu longo.

Mantilha

– A grinalda deixa a noiva parecendo uma princesa, uma rainha. Porém, é de uso exclusivo dos casamentos noturnos e mais: pomposos!!!!!! Mas, se você que vai casar de dia quiser muito uma grinalda, a regra da etiqueta pede que use-a como tiara, ok? Última coisa: nada de grinaldas altas (não há nada pior que a grinalda ser maior que o noivo, rsrs).

Grinalda

Noiva romântica

Vestidos rodados com a famosa saia balão são os prediletos das adeptas do romantismo. Antigamente, usava-se as mangas bufantes ao estilo cinderela. Mas agora está fora de moda e a opção para as noivas que ainda querem usar os vestidos rodados é modernizar a parte de cima. Eu mesma fiz assim. Tomará que caia ou frente única são as sugestões. Colocar brilhos ou decorar com fitas (como no vestido de Lavínia Vlasak), que por sinal, inspirou o meu vestido dão um ar mais moderninho!

Noiva romântica moderna

Como já descrevi acima elas são as do modelo evasée e laços na cintura. Elas querem manter o romantismo, mas fugir da clássica e antiga saia de balão. Costumam usar brilhos, flores e rendas.


Noiva clássica

Preferem os vestidos retos, mas com o colo à mostra. Quem tem bastante seio, os decotes em “V” enaltecem. As mais magras podem optar por corpetes. Já o corpete com silhueta em “V” alonga o tronco e afina a cintura. Cuidado para não parecerem magras demaisssss! Os tecidos são variados: cetim, seda, rendas, bordados e as aplicações estão em alta (aliás, quando não estão?).

Noiva moderna

São as que possuem mais opção. Por serem modernas misturam todos os estilos e ousam na hora da escolha. Criam, mexem daqui, dali e no final, aparecem de maneira surpreendente deixando os convidados extasiados. Misturam renda com drapeados, colocam pedras, muito babados e plumas – que estão super na moda. O modelo mais famoso é com a silhueta sereia: firme na cintura e bem aberta para baixo do joelho.

Por último, as noivas devem definir o cabelo, a maquiagem, o buquê, mas só quando decidirem sobre o vestido: a peça principal da noiva!!!!!!!!! Mais dicas sobre os vestidos, maquiagem, cabelo e afins estão sendo preparadas pela nossa consultora de moda, Tainá Hernandes! Não percam: na próxima terça na editoria Curtas Fashion!



Para começar…

março 23, 2010

Por Tainá Hernandes

Quando fui convidada para escrever nesse blog tive duas reações: a primeira foi de felicidade! Finalmente eu ia voltar a escrever sobre um assunto que eu tanto gosto: MODA! A segunda foi de medo! Meu Deus, eu não entendo nada de casamento! Nem namorado eu tenho! Rs

Mas, depois, percebi que casamento nada mais é do que uma festa. É o “Oscar” da noiva! Onde a gente pode usar vestidos luxuosos e maquiagens mais aprimoradas! Pronto! É esse o espírito. E é, justamente, sobre isso que eu pretendo escrever nesse espaço que ganhei aqui. Vou dar dicas de vestidos e de maquiagens – inspirados nos looks de desfiles e premiações.

Para começar, decidi falar das tendências de maquiagem para a próxima estação: o inverno! A principal regra utilizada nos desfiles é: pele sempre impecável. Vale hidratante (toda maquiagem começa com um bom hidratante!), corretivo, base e pó! Outra dica é dar foco para uma área, apenas.

Olhos:

Capriche nos olhos pretos! Eles são tendência! Use o delineador, lápis e até a sombra preta para conseguir um efeito mais dramático. Aposte na boca nude (super usada na estação passada e que continua um hit! Para fazer é simples, basta “apagar” os lábios com um corretivo e passar um hidratante labial), para complementar o look. Exagere no rímel para aumentar os cílios e destacar ainda mais os olhos.

Se você for mais ousada, é legal apostar nas sombras neons – outro hit da estação passada que se manteve nessa. A boca também deve ser nude e a pele bem corrigida. Pode misturar tons, ou usar só uma cor. O legal é dar bastante destaque para os olhos. Se você quiser, pode usar um lápis nude, preto ou da cor da sombra, nos olhos. O rímel entra como finalizador do look. Pode ser preto ou colorido – desde que combine com a cor da sombra.


Bocas:

Outra opção é caprichar na boca. O vermelho é tendência para a próxima estação! Importante lembrar que, nesse caso, todo o resto da maquiagem deve ser bem sutil. Pode caprichar no batom e até delinear a boca com lápis – mas lembrem: o lápis deve ser sempre da cor do batom.


De novo, se você for mais ousada, abuse dos tons corais e laranjas! Eles estavam em quase todos os desfiles! E lembrem (sempre!) quando o destaque é na boca, todo o resto deve ser sutil – melhor nem usar sombra. Basta um rímel e um lápis bem fininho nos olhos.

O mais importante é o bom senso. Vale usar aquilo que combina com sua personalidade. E sempre casando o look da maquiagem com o vestido para não ficar muito exagerado. Se estiver com um vestido mais detalhado ou colorido, melhor optar pelo olhar preto ou a boca vermelha (se o vermelho não competir com o vestido!). Guarde os olhos e bocas coloridos para os vestido mais secos e discretos.

Basta lembrar uma regra básica: o dia é da noiva – não tem nada mais cafona do que convidado que quer aparecer mais que ela!


Dicas para quem pretender casar

novembro 9, 2009

Com a proximidade do meu casamento está cada vez mais difícil eu atualizar o blog. Estou na fase de entrega dos convites, então, imaginem a loucura. Eu acho legal entregar o maior número possível de convites pessoalmente, mostra a importância da pessoa, o carinho e tudo mais. Mas, em muitos casos, quando temos convidados de muitos lugares, o jeito é recorrer ao correio e hoje em dia com tanta modernidade, até a internet é um meio de convidar as pessoas.

Bom, mas hoje estou aqui para fazer uma pequenas lista do que considero importante as noivas fazerem quando decidem se casar. Planejar o casamento não é nenhuma tarefa impossível, porém exige tempo, dedicação e muita organização. Sendo assim, seguem algumas dicas.

– Cerimonialista: Antes dos noivos começarem a correr atrás de tudo, definam quem vai organizar os preparativos: os noivos ou a cerimonialista. Sim, existe uma pessoa que pode fazer tudo por você. Ela fará uma cotação de todos os itens que você deseja no seu casamento e depois, é só escolher o preferido. Quem não vai contratar esse serviço, imediatamente, minha sugestão é seguir a lista abaixo.

1ª Fase: A base de tudo!

– Lista de Casamento: O primeiro passo é fazer um esboço da lista. Os noivos precisam saber mais ou menos quantos convidados terão para procurar a igreja e o salão ideal. Lembrem-se que até a chegada do grande dia, vocês vão conhecer muitas pessoas, então deixem um número a mais.

– Igreja: Antes de ver o buffet, vá até a igreja. Em geral, os noivos querem e tem uma preferência pela igreja. Assim, devem verificar as datas disponíveis, quando abre a agenda e como funciona os casamentos. Programe-se, pois hoje em dia as datas estão cada vez mais disputadas. Vejam uma igreja que se alinhe com o número de convidados, caso contrário, se a igreja for para mil pessoas e você tiver 200 convidados, seu casamento parecerá vazio. E vice-versa 🙂

– Salão/Buffet:: Data definida, é hora de procurar o local da recepção. Minha dica é que o salão seja o do Buffet, pois geralmente sai mais barato. Muitos buffets não cobram aluguel do salão quando eles já estão sendo contratados. Por outro lado, muitos buffets não oferecerem o espaço. É um momento de pesquisar. Nessa hora vale tudo, indicação, bons preços, qualidade e diversidade nos serviços.

2ª Fase:

– Lua de Mel: Tudo dependerá para onde o casal irá e quanto poderá gastar. A dica é ver a Lua de Mel logo depois que a data estiver definida, pois assim já começam a pagar e garantem que o lugar querido esteja disponível.

– Foto e Filmagem: Essa será sua única recordação desse dia, vai mostrar para os amigos, parentes e no futuro, para os filhos, os amigos dos filhos e depois, para os netos. Resumindo: Não arrisque, escolha um bom profissional, tente negociar os preços e escolha com cuidado. Afinal, você vai querer relembrar esse dia um milhão de vezes, mais ou menos, rsrsrs.

– Decoração: O ambiente pode ser simples, mas o que fará ele ficar lindo, sem dúvida, é a decoração. Então, capriche na escolha! Veja as flores que são da época do casamento, alinhe as cores, não deixe o ambiente pesado, especialmente, se for pequeno. Em salões menores, invista em cores claras. Escolha do seu gosto, afinal, esse dia nunca mais vai se repetir! Muito importante: a decoraçãotem que ser linda? Tem, mas sejamos racionais, são flores para no máximo 5 horas, então, tentem economizar.

– Banda ou DJ: quem vai “ditar” o ritmo da festa é a banda ou DJ, ou seja, eles precisam ser ótimos e claro, ter o estilo dois noivos. São eles que vão agitar o pessoal.

3ª Fase:

– Cerimonial: Esse serviço não é conhecido por todas as noivas, embora seja indispensável. A cerimonialista, dependendo do contrato que a noiva feche, vai ajudar na organização do grande dia – vai fazer um check list para ver se tudo que vocês contraram está ok e tomará conta de tudo para que saia perfeito. Existem “n” tipos de contratos, mas, para quem quer economizar, contratar o serviço para o grande dia já ajuda muito.

– Vestido da Noiva: Paralelo a todos os outros itens, as noivas já podem começar a pesquisar, pois muitas lojas fazem promoções relâmpagos, especialmente, no inverno, devido a baixa procura por casamentos. Quanto antes escolher, mais fácil será. Assim, o estilo já estará definido. Vale a pena lembrar, alinhem tudo: buffet, banda, igreja, vestido, convite e tudo mais.

– Convites: Existem mil tipos de convites, um mais lindo que o outro, mas como já disse, ele deve estar alinhado ao estilo da festa. Para quem quer economizar a dica é seja racional, ou seja, muitos vão jogar fora o convite depois do casamento, então, ecomomizem. Evitem fotos e coisas coloridas.

4ª Fase:

– Adereços para Festa: É um mimo ter acessórios durante a festa, parece que anima o pessoal. Eu acho legal ter, embora seja dispensável, caso queiram economizar. A dica é ir para São Paulo e procurar pela 25 de março, entre outras ruas do tipo. Lá, os preços são mais em conta. Em alguns casos, tem sites que também fazem excelente preços.

– Docinhos: São uma delícia, mas também são dispensáveis caso o orçamento esteja curto. De qualquer forma, a dica é deixá-los para o final, pois ai os noivos já terão uma noção do que podem ou não gastar. Precisa ter no mínimo três tipos e calcula-se, em média, de 3 a 5 por convidados.

– Bolo e Topo do Bolo: O bolo é a parte final da festa, praticamente, a última coisa que os convidados vão comer, então, caprichem. O topo do bolo é uma diversão só. Vale de tudo: colocar as características dos noivos, fazer brincadeiras de futebol, do casamento, aqui o que manda é a criatividade. Pesquisem, pois nesse item também é possível economizar.

– Lembrancinhas: A grande dica é dar o bem-casado como lembrancinha. Você terá um doce e ainda a lembrancinha. Para casamento no verão, a dica é dar garrafinhas de água com um rótulo sobre os noivos, sugestão “Água do Amor”, lembrança do casamento de ______ e ________. Dia, mês e ano.

5ª Fase:

– Roupa do Noivo e Pais: Noivas, é hora de colocar o pessoal para procurar as roupas. Todos tem que estar lindos e elegantes para o grande dia. E tudo com muita simplicidade, nada de fazer com que as pessoas deixem de ser elas mesmas.

– Sapato da Noiva e Acessórios: Pode ser um dos últimos itens, pois muitas amigas e primas que já casaram, poderão emprestar alguns desses itens. Economia, novamente! Rs.

– Agendamento do Dia da Noiva: O Dia da Noiva, com certeza, deve ser ótimo. Mas, para quem não tiver com muitas condições, pode optar pelos itens mais importantes como cabelo, maquiagem, unha, sombrancelha e depilação. Não esqueçam do teste, ele é essencial e garantirá que no dia, a noiva esteja satisfeita. Para os homens, um bom corte de cabelo já resolve. Lembrem-se de fazer limpeza de pele, noiva e noivo, ajuda na hora de tirar as fotos e da maquiagem.

– Organização do Chá de Cozinha/Despedida de Solteiro: Marquem com uma antecedência de um mês, mais ou menos. Tentem conciliar o chá das meninas com a despedida dos homens, assim todos podem aproveitar mais.

– Lista de Presentes: Coloquem com uns dois, até três meses de antecedência, antes de começar a distribuir os convites, pois já terá gente perguntando. Faça com que a lista seja uma sugestão para não intimidar os convidados.

Por último, aproveitem demais essa fase, ela é única, especial e merece ser curtida.

Obs.: Noivas e noivos, não esqueçam que paralelo isso tudo, tem também a parte do cartório e igreja. Para mais informações, acessem: https://tatib.wordpress.com/2009/06/04/igreja-e-cartorio-como-proceder/


Últimos detalhes…

setembro 24, 2009

Faz um tempinho que não escrevo sobre minha casa, os preparativos para a festa e tudo mais. Então, vamos lá.

Vou começar de trás para frente, pode ser?

Essa semana eu montei minha lista de presentes, volto a dizer que é uma tarefa um tanto delicada e que deve ser muito bem conversada entre o casal, isso porque nenhum convidado deve se sentir intimidado ou obrigado a fazer algo. E noivas, por favor, jamais se esqueçam que a lista é para ajudar os noivos no início da vida a dois. Não exagerem!!!!

Vestido

Na última segunda-feira tirei folga do serviço e fui com minha mãe escolher o vestido dela. Simplesmente, lindo. Já adianto, é verde para combinar com os olhos dela. Coisa chique, hein?! E o vestido da mãe da noiva dá um bom debate.

Todo mundo diz que a mãe da noiva é a terceira pessoa mais olhada no casamento, atrás apenas da noiva e do noivo. Ok, pode ser verdade. Porém, isso não significa que a mãe da noiva tem que parecer uma árvore de Natal, cheia de brilhos e pedras. Tá, quem gosta pode e deve usar. Mas, não é regra.

O vestido deve ser sim muito elegante, fino e bonito, mas acima de tudo, deve ser a cara da pessoa, tem que cair bem no corpo e o principal, no caso da minha mãe, ela tem que estar se sentindo bem.

Exceção: no caso dos casamentos que são depois das 20h, as mães de noivas devem exagerar levemente no brilho, porque aí já vai estar mais escuro, então, a roupa precisa chamar mais atenção.

Dica: para as mães que preferem vestidos chiques, porém simples, a dica é investir nas bijus. Colocar braceletes, brincos, colares e todo tipo de acessório que combinar com o vestido. E claro, não esqueçam de colocar brilho nesses itens.

Depois da escolha do vestido, aliás, pesquisem. Eu e minha mãe fomos em muitas lojas, vimos muitas coisas e muitos preços.  É ideal pesquisar e inclusive, analisar o custo benefício de locação ou compra. Em muitos casos, a diferença é pequena e compensa investir na compra. Até porque, pode-se usar o vestido em outra ocasião. Por isso, outra dica é comprar algo clássico, que dê para ser reaproveitado.

Bom, eis que depois do vestido, eu fui fazer a prova do meu cabelo e maquiagem. Ahhhhh, eu simplesmente, adorei. Jú, obrigada. Você arrasou. Meu cabelo será simples (não posso detalhar mto, rs), clássico, mas claro, bonito. A maquiagem tem que combinar com o tom da minha pele, por isso será algo bem leve.

É importante fazer o teste antes, porque se algo der errado, dá tempo de você mudar, escolher outro visual e tudo mais. Além disso, no meu caso — que tenho pavor de alguém colocar as mãos nos meus olhos, isso inclui até minha oftalmologista, esse medo fez com que a Jú “tremesse” o delineador. Ok, foi culpa minha! Resumindo, eu tenho menos de três meses para perder esse pânico, mesmo que seja temporário.

Padrinhos

E para completar a lista de padrinhos, fechamos nosso time e olha pessoal, é um super time. Amigos, primos, cunhados, irmãos, todos reunidos, pessoas queridas, importantíssimas e que fazem parte da minha história e do Noivo. 

Bom, então, para completar o time, chamamos nossos amigos de infância, Jú, Igor e Danilo. E claro, só podemos agradecê-los pelo sim e por tudo que representam em nossas vidas.

danilo_rafa

tati teste 005

Presentes

E para fechar o post com chave de ouro, nossa casa está quase completa. Aliás, parece até que já tem gente morando na nossa casa, kkkkkkkkk. Cheguei lá essa semana e tudo “bagunçado”, é computador, lustre, cerveja, caneca, sacola, portas abertas, e eu ainda não casei, rsrsrs. Mas, tudo bem, o amor supera tudo!!!!!!!! Eita Noivinho arteiro 🙂

Mas, como eu estava contando, a gente ganhou muitas coisas nesses últimos tempos e só temos que agradecer, telefone, DVDs, aquecedor, aparelho de som, cama, edredon, geladeira, fogão, exaustor, aspirador de pó e microondas. Estamos chiques, hein? Pai, mãe, Nadir, Sr. Zé, Vó Mélia, Gabi, Dute, Dani, Caê, Li, Pablo, Jú, Igor, Line, Rica, tia Meire e tio Reinaldo, obrigada! Gostamos de tudo, de coração.

Agora, esperamos vocês irem em casa para usarem com a gente tudo isso. Resumindo: nessa, minha prima e meu primo se deram mal, porque vão ter que ajudar na faxina!!!!!!!!!!!

E ah, vou contar uma outra história, rapidinho. Eu e o Noivo tivemos tanta sorte, que um amigo do Noivo e do Caê, o Mica, estava se desfazendo dos eletrodomésticos, sofá e tudo mais, porque ía voltar para Alemanha. E tudo estava sendo vendido por um preço excelente. Nessa, a gente comprou um fogão novo para minha mãe, uma máquina de lavar e secar roupas para nós e ainda, dois chuveiros para a casa nova. Bom demais, é graça de Deus.


Brigadeiro da Brú

setembro 23, 2009

Nossa receita de hoje também é resultado do nosso encontro de noivas, lembram? Pois é, naquele dia nós detonamos o brigadeiro da Brú.

É um prato rápido, fácil e ma-ra-vi-lho-so. Difícil encontrar alguém que não goste de brigadeiro. Então, para encrementar nossa semana, segue a receita:


Ingredientes:

1 lata de leite condensado

2 colheres(sopa) de margarina

2 colheres(sopa) de achocolatado/chocolate em pó

Modo de preparo:

brigadeiro1Em uma panela, coloque as duas colheres de margarina, leve ao fogo e deixe derreter. Depois, desligue o fogo, acrescente o leite condensado e o chocolate. Mexa até dissolver o chocolate. Em seguida, ligue o fogo novamente e vá mexendo até desgrudar do fundo da panela. Depois, é só retirar da panela, colocar em um pirex e deixar esfriar. Então, unte as mãos com margarina e com uma colher (sobremesa) pegue um punhado e comece a enrolar. Para finalizar, passe no granulado e sirva. Muito bom!!


Torta holandesa de quem?

setembro 9, 2009

Essa receita vai ser difícil achar uma “dona”, rs. No encontro de noivas quem levou esse prato mais que delicioso foi minha amiga e madrinha, Aline. Porém, é preciso relatar como essa receita chegou nas mãos dela.

Tudo começou no último aniversário do Noivo. Minha sogra havia feito torta holandesa, ou seja, torta holandesa da Nadir, e minha mãe, a maior formiguinha da face da terra, lembrou que há anos havia pedido essa receita para minha sogra. Porém, até então, dona Regina nunca havia preparado. Assim, depois do aniversário em que ela, literalmente, se “empanturrou”, rs, ela decidiu fazer.

Dias depois, a Aline foi em casa nos visitar e quem estava lá, a torta holandesa da Regina. Ela comeu, gostou e pediu a receita. E desse dia em diante, ela só faz torta holandesa na casa dela, ou seja, torta holandesa da Aline.

Isso prova que, realmente, é um prato muito bom.

Aproveitem e claro, experimentem!


Ingredientes:

02 latas de creme de leite s/ soro
250 gramas de margarina s/ sal
03 gemas
200 gramas de açúcar refinado
02 pacotes +/- de bolacha de maisena

Bata na batedeira as gemas, o açúcar e a margarina. Depois, adicione o creme de leite s/ soro e mexa delicadamente.

torta_holandesa

Cobertura:

01 xícara de chá de leite
08 colheres de sopa de chocolate em pó
02 colheres de sopa de açúcar
01 colher de café de margarina

Leve ao fogo até levantar fervura e deixe engrossar um pouco. tortaalema

Forre o fundo de uma forma de fundo falso (pessoal, algumas noivas já me disseram que não possuem essa forma, sem problemas, podem colocar no refratário, minha mãe fez isso, mas eu havia esquecido de publicar) e intercale bolacha umidecida no soro do creme de leite e creme. Leve a geladeira por +/- 4 horas e depois de endurecida, cubra com a calda e leve a geladeira até na hora de servir.

Bom apetite!!!!