Tá difícil…

julho 24, 2009

Eu estou bem, obrigada! Tudo vai bem, tenho trabalhado muito e estou curtindo a vida. Mas, sinceramente, faço tudo na correria. Ai, tô cansada. Parece que não tenho tempo de me dedicar com tempo para as coisas que eu gostaria.

Eu não falo só do meu blog, que está super desatualizado, ou de me dedicar ao casório, porque as coisas até que estão em dia, mas digo que sinto falta de ter tempo para não fazer nada. Assistir TV, comendo marshmallon, neste frio, e na companhia do Noivo, é claro.

Também estou com vontade de ir as compras, adquirir um terninho bem bonito, um sapato preto que minha chefe tanto me cobra e também de ir a uma academia. Sei lá, fazer yoga, pilates, alguma coisa que mexa a musculatura e acima de tudo, tire o stress.

Tá difícil…rsrs. Mas a vida é uma questão de prioridade, e pelo que vocês podem ver, isso não tem sido minha prioridade, caso contrário, estaria fazendo tudo isso. Ainda bem que existe a esperança, pois conto com ela para encaixar todas essas minhas vontades nos próximos dias da minha vida.

Mudando de assunto, eu já sei que vou ganhar uma surpresa. É mole? Eu suspeito que seja o sofá, mas o Noivo está no maior suspense. Rs. Tudo bem, uma coisa eu já sei, eu vou gostar, independente da surpresa.

Mais uma vez, desculpem estar sem novidades, ao menos que queiram saber tudo que faço no meu serviço, pois nas horas vagas, ops, elas existem? Hum, e preciso desabafar, mais uma coisa. Que ideia é essa de trocar os pontos do fretado? Eu era deixada na esquina do meu serviço e agora vou caminhar, pelo menos, 20 minutos. Sem contar os que ainda terão que tomar transporte público em São Paulo, o que é, praticamente, uma tragédia, porque o metrô é lotado, o ônibus é lotado, é tudo uma loucura. E o senhor Kassab resolveu lotar ainda mais os transportes públicos da capital. Poxa, antes de fazer coisas que não precisam ser feitas, cria mais linhas de metrô, agiliza com os ônibus, melhora o salário do povo, dá educação e moradia a quem precisa, e depois vai fazer coisas de quem não tem o que fazer, tipo mexer com os fretados.

Afffffff, só de escrever, cansei!

Anúncios

Primeiro convite…

julho 13, 2009

Entregar o primeiro convite a gente nunca esquece, né? (Mãe, obrigada pela dica de escrever sobre isso). Pois é, ontem eu e o Noivo entregamos o primeiro convite do nosso casamento. A gente sabe que está um pouco cedo, mas aproveitamos a viagem e entregamos aos primos do Noivo.

Com o casamento se aproximando, a probabilidade de ficarmos viajando diminui, enquanto os gastos aumentam, rs. Sem contar que temos muitos parentes que moram longe e teremos que viajar para entregar todos os convites. Eu acho muito legal os noivos entregarem pessoalmente, é mais elegante e reforça a importância dos convidados estarem presentes neste dia – mais que especial!

E falando em convites, eu mesma escrevi os nomes dos convidados no convite. Ficou lindo! Parece até que contratei o serviço, rs. Brincadeiras a parte, escrever os nomes nos convites gerou uma boa economia. A média deste serviço é R$ 2,00 o convite. Se o casal puder pagar, legal. Você economiza um bom tempo, afinal, eu demorei dois dias para escrever tudinho.

Por outro lado, foi uma experiência gratificante. Eu mesma, com todo carinho, escrevi cada convite, convidado por convidado. É muito gostoso, fica mais pessoal.

====================================================================

É, meu casamento está chegando. Ontem mesmo, brincando de verdade e desafio, porque eu, o Noivo e nossos amigos adoramos este game, uma amiga me perguntou se eu estava com coragem para casar. Essa pergunta vale um bom debate, mas eu não pretendo me prolongar. Casar não é ter coragem ou não. Mas é ter vontade. É ter sentimento e entender que o casal já está preparado para o próximo passo, afinal, tudo é um ciclo. Ninguém namora por namorar. Ou pelo menos ninguém deveria namorar por namorar. Pois o namoro é o começo de tudo, faz parte do conhecimento e do amadurecimento do casal. Depois tem o noivado, que é o tempo de se planejar para a vida a dois, organizar a festa, montar a casa nova…E finalmente, o casamento. Que eu ainda não sei como é, mas deve ser uma delícia!!!!!!!!!!!

====================================================================

Aproveitando para contar as novidades, eu e o Noivo chamamos mais um casal de padrinhos, que não é surpresa para ninguém, afinal, são os meus cunhados, mais que especiais, Marcos e Flá.

padrinhos


Como tudo começou…

julho 8, 2009

Bom, nestes últimos tempos eu não fiz nenhuma aquisição de móveis e nem decidi nada. Se bem que eu e o Noivo quase compramos o sofá, lindo por sinal. Mas, o bom senso prevaleceu e vamos aguardar, afinal, as contas não param de chegar, rs!

Só para constar, segunda-feira passada, eu e o Noivo demos mais um importante passo. Finalmente assinamos o contrato do apartamento e vamos pegar as chaves definitivas, graças a Deus. Estou muito feliz!!!!!!!!!

====================================================================

Mudando de assunto, eu e o Noivo fizemos oito anos de namoro! Meu Deus, quanto tempo!!!!!!! Foram tantas histórias, lembranças…

Eu conheci o Noivo pela internet, acreditam? Na verdade, as minhas amigas conheceram uns amigos, via ICQ – ah, saudades do ICQ. Até que um dia, marcaram de se encontrar. Isso aconteceu no ano de 2000, eu estava na 8ª série.

Eu me lembro que todos se conheceram, mas eu ainda não tinha visto ninguém. Até que em uma festa junina da minha antiga escola, eu conheci toda a turma do JDE. É, eles se identificavam como JDE – Jardim Eulina. Logo de cara, o Noivo me odiou. Ele me achou fresca (eu, imagina!) porque eu estava chorando na festa. Coisas de adolescente, certo?! Rs.

Não foi amor à primeira vista, pelo contrário, a gente não se gostou. Ele até começou a namorar outra colega do grupo. E assim, a vida continuou…

E como o amor é mesmo uma coisa “louca”, de repente, do dia para a noite, eu passei a olhar para ele de um jeito diferente. Ele já não estava mais namorando e começamos a conversar. Ele diz que de “cara” já percebeu minhas segundas intenções, e por isso, me deu “bola”. Rs. Convencido, não?! Um pouquinho…

Mas, nós não começamos a namorar. Na verdade era um namorico! Um ano depois, finalmente, o Noivo pediu para namorar comigo. Ah, que alegria! Rs.

tati_rafa

Bom, em todo este tempo juntos aconteceram um milhão de coisas e todas coisas boas. Até as coisas que pareceram ser ruins, no final se transformaram em coisas boas. O tempo ajuda a gente a crescer, amadurecer e se aperfeiçoar. Só tenho lembranças positivas do meu relacionamento com o Noivo, na graça de Deus. E tenho certeza de que teremos um casamento abençoado.

Uma coisa que aprendemos no curso de noivos e nos marcou muito é que o relacionamento tem que ser a três: Eu, o Noivo e Jesus. Pois é Ele quem nos dá direcionamento e força para melhorarmos e prosseguirmos. É Ele quem abençoa nossas vidas.

Bom, desejo que todas as pessoas encontrem verdadeiros (as) companheiros (as), pessoas fiéis e dedicadas, e que juntos, construam um relacionamento em Cristo.


Último aniversário solteira…

julho 2, 2009

Como eu disse, eu ando meio sem tempo para ver as coisas do casamento. Na verdade, nem é falta de tempo, mas estamos bem adiantados e por isso, nossas atividades deram uma acalmada.

Mas, tem uma coisa boa para gravar! Na última terça, dia 30, foi meu aniversário. O último solteira. Não teve nada demais, mas, por outro lado, foi diferente, inesquecível e especial.

É que este ano tudo foi preparado com o amor e carinho dos meus pais. Minha mãe se encarregou de fazer o bolo salgado, encomendar o doce – aquele favorito, desde minha infância. Meu pai foi buscar…ajudar minha mãe a organizar tudinho.

E depois, a comemoração. Sempre com as pessoas queridas, que eu gosto muito. A propósito, quero agradecer todos que me ligaram, mandaram mensagens e estiveram presentes, neste dia, que para mim, é muito especial. Eu adoro aniversários.

Para o ano que vem, eu e o Noivo teremos que preparar a “festa”, pensar no que vamos servir aos amigos, organizar a casa…e tudo também será especial e inesquecível.

==============================================================

Mudando de assunto, sábado será dia de faxina. Se tudo der certo, vou trocar as chaves da casa, finalmente, rs. Porque sou um pouco sistemática e quero garantir a segurança do local! Rs.


Sem tempo…

julho 1, 2009

Caros (as) leitores (as),

essa semana estou super sem tempo. Não que eu não tenha tempo de escrever, mas não pude me dedicar aos afazeres do casório. Prometo voltar com pique total.

Só para constar, ontem o Noivo buscou as cadeiras da mesa. Enfim, a sala de jantar está completa. Ahhhhhh, pena que eu ainda não pude ir ver!

Até breve.