Vestido, qual escolher?

maio 28, 2009

Bom dia meninas!

Eu vi essa matéria já fa um tempo no site do Uol, mas acho que vale a pena compartilhar com vocês, afinal, está ótima.

Eu mesma me vi na matéria. Ah, também vi a Li, a Pri, a Pam, cada uma delas nesta matéria, rs! A escolha do vestido tem tudo haver com a personalidade da pessoa!

Bom, fica a dica.

http://estilo.uol.com.br/casamento/ultnot/2009/05/07/ult7425u2.jhtm


Grande dia!

maio 27, 2009

Por Pamela Zanutelo

Bom, o que dizer sobre a decisão mais importante que tomei em minha vida? Até conhecer meu marido, eu nunca tive a vontade de casar. Nunca ninguém me despertou esta vontade. Eu era uma pessoa que não se amarrava a ninguém e sempre colocava a carreira em primeiro lugar.

Até conhecer o Leo, e pasmem! Por orkut!!!!! Vi uma foto dele em um orkut de uma amiga e o achei lindo!! Mas claro que nem fiz nada, só comentei com esta amiga sobre ele. Mas ela agiu como cupido e comentou com ele. Por um mês conversamos por orkut, msn e telefone, até que decidimos nos conhecer pessoalmente.

Após 3 encontros ele me pediu em namoro. Após um ano e meio ele me pediu em casamento. Foram 3 anos juntos até nos casarmos em 5 de abril de 2008.

Fui muito criticada pela decisão, pois eu iria me casar muito nova, diziam – com 24 anos. Achavam que eu me tornaria dona-de-casa, que iria me arrepender…Pelo contrário, até agora me pergunto se não deveria ter casado antes.

pam-leo

Toda a preparação para o casamento é desgastante, gasta-se muito dinheiro, mas vale a pena!! E estar casada é muito melhor do que a festa! Se você teve a sorte de ter uma pessoa trabalhadora, inteligente, fiel e companheira, pode ter certeza que não irá se arrepender.

Eu sempre penso nos casamentos que deram certo e não nos fracassados. Meus avós estão juntos há mais de 50 anos e é emocionante ver como o amor e a paixão não enfraqueceram. Eu me volto para estes exemplos e não de outros.

Claro, a partir do momento que você decide casar ou morar com alguém, é necessário muita responsabilidade, paciência, (afinal, as pessoas são diferentes), companheirismo e muito amor! Não me arrependi da decisão e estou muito mais feliz agora.

leo-pam


Quase pronta…

maio 27, 2009

Existe apenas uma coisa que eu gosto mais de fazer do que cuidar da festa do meu casamento, cuidar da minha futura casa.

É muito gostoso saber que existe um cantinho, que em breve será NOSSO, que inclui nossas coisinhas, arrumadas do nosso jeito, tudo com a nossa cara! É muito bom. Dá uma vontade de pegar o calendário e pular todos os meses e só parar em dezembro.

E quando o assunto é casa, estamos falando de um grande investimento. Provavelmente o primeiro na vida do casal, depois do carro, até porque quase todo homem compra primeiro um carro! Ah, nada contra, é só um dado, rs!

Quando a gente se deu conta de que nascemos um para o outro, resolvemos comprar a casa, que foi nosso primeiro passo para o casamento. A gente viu um monte de imóveis. O objetivo era comprar na planta, para acabar a construção no ano do casamento.

Eu lembro certinho que eu queria o 114, era um sábado. Mas quando eu cheguei no domingo havia uma “bolinha azul” sobre o 114. Alguém havia comprado. Se eu fosse supersticiosa, poderia achar que não era para gente comprar. Mas graças a Deus, confiamos Nele, que é todo poderoso, e nos permitiu comprar o apartamento mais lindo do mundo, com o número 112. E hoje eu vejo que é ate mais bonito que 114.

Desculpa, vizinho! Rsrsrs.

E como é difícil dar uma dica quando se trata de um investimento como este, fica aqui um livro, “Casais Inteligentes Enriquecem Juntos”. Na minha opinião, ele dá a dimensão exata do investimento que se faz e qual a melhor alternativa. E o mais legal é que ele fala de aluguel, e muitos tem o maior pânico quando ouvem essa palavra – ALUGUEL. Acho que é uma boa leitura, para tirar a dúvida e ajudar os noivinhos nesse momento super especial.

E como eu disse lá em cima, minha casa está quase pronta. Falta só colocar o piso na sala e nos quartos. Está a “coisa” mais linda, delicada, aconchegante e gritando, “Vem logo, vem logo”! Rsrsrs.



1ª vez…

maio 27, 2009

O primeiro tópico do casamento que foi totalmente escolhido pelo meu noivo foi a foto/filmagem. Ah, este item foi o mais fácil e rápido que fechamos, afinal, já tínhamos o fornecedor certo, referência do nosso primo e amigo Doimo.

Eu pensei em um álbum simples, a única exigência era o telão. A retrospectiva, para mim, é fundamental. Afinal, até agora são 7 anos e 11 meses de relacionamento, ou seja, haja retrospectiva, rsrsrs!!!

Rapidamente o Noivo gostou muito de um álbum lindo – a nossa cara, e por sorte, o Régis, profissional que a gente indica MUITO, nos deu de presente ainda uma série de “caprichos”, que serão surpresa, e que nos deixaram muito feliz!

Resumindo, a primeira experiência do Noivo com fornecedor foi excelente e a partir de agora, toda vez que eu reclamar de alguém, ele vai achar que estou exagerando, é mole?


Rosas…

maio 27, 2009

Eu estava decidida quanto a escolha da minha decoração. Eu já sabia a cor, o tipo de flor e tinha cada arranjo desenhado na minha cabeça. Mesmo assim, foi um dia daqueles fechar a decoração certa, com o profissional certo.

Antes de mais nada, eu liguei para a Claudia, a noiva que casará no mesmo dia que eu. Ela estava super mal da garganta, não pode falar. Acertei tudo com o Denis, o noivo da Claudia. Homem marcando isso, sabe como é né, rs, mas ele fez certinho. E em um dia daqueles, eu, minha sogra, a Claudia e o Denis fomos em busca do nosso decorador.

Eu tive muita sorte porque eu sempre ouvia histórias de noivas que tinham gostos diferentes, cada uma queria uma cor, um fornecedor e um preço. Eu não tive este problema. A Claudia e o Denis formam o CASAL. Pessoas simpáticas, simples e de fácil trato.

* Para igreja pensamos em tudo branco e com todas as flores da época. Decidido! Agora, era cada uma definir a festa.

* Eu queria rosas e a Clauda, copo de leite. Pena que em dezembro não há copo de leite e ela teve que mudar de flor. Mas como eu disse, eles são excelentes pessoas, logo, não houve desentendimento.

Até aqui, tudo parece perfeito. Mas só nós sabemos o que foi passar um dia inteirinho entrando e saindo de decorador. *Teve aquele que amamos, o “esperto” que queria empurrar qualquer coisa – até dizia que tinha copo de leite, e o insuportável, que não deixava a gente falar, especificamente, eu!

Eu me rendi ao cansaço e pedi para a Claudia e o Denis irem sozinhos para o último decorador da lista, na verdade decoradora. Eu já estava desacreditada. Vimos decorações lindas, mas por cada preço $$$$$$$$ !!!

Por fim, próximo das nove da noite, o telefone toca. Era a Claudia. Ótima notícia: a decoradora era boa, com arranjos bonitos e com preço barato – na medida do possível! Mas, como eu não quis ir naquele dia, tive que marcar um novo dia. E toca eu ir lá, dessa vez com minha mãe, meu pai, minha sogra e claro, minha irmã, a Nicks (saudades, saudades, saudades).

Eu gostei da Isabel, uma pessoa legal e com um trabalho encantador. É, porque não basta ter um trabalho legal se for aquela pessoa chata e carrancuda. O fornecedor tem que conquistar o cliente e foi isso que ela fez conosco e com o bolso!

Confiram o site da Isabel:

http://www.isabelflores.com.br/


25 de março, o lugar!

maio 27, 2009

Era um dia qualquer. Peguei o fretado e fui trabalhar. Estávamos nos preparativos para um grande evento de um cliente, tinha até presença confirmada de Rogério Ceni. Chiques, hein? A chefe me convidou para ajudá-la nas compras dos materiais para o evento. Até aqui, normal. Isso se minha chefe também não fosse minha amiga e minha cerimonial. Resumindo: duas malas lotadas de adereços para festa! Tudo que se pode imaginar e por apenas R$ 179. Eu recomendo pessoal a 25 de março, em São Paulo. Este é o LUGAR para comprar tudo e mais um pouco, principalmente para festas, seja infantil, 15 anos, casamento etc. Adorei!!!!!!!

Faz um tempo isso, mas coisa boa é para ser lembrada!

grupo-gameloft


De volta…

maio 27, 2009

Depois de algum tempo sem me dedicar aos preparativos do casamento, eu voltei!

Ontem a noite eu fui checar as pendências da festa. Até que são poucas, mas são pendências!

E falando em pendências, preciso atualizar o passo a passo deste momento mais que mágico, que toda mulher, um dia, merece passar!

Eu estava em casa e o interfone tocou. Era a costureira. Minha mãe tinha que ir provar um vestido para o casamento do filho do meu padrinho. E para ajudar ou não, rs, eu fui junto!

Conversa vai, conversa vem, até que começamos a falar sobre o meu vestido de noiva.

Ah, o meu vestido. Se eu pudesse detalhar cada pedacinho de pano dele…Que aliás, eu mesma criei junto com uma revista, minha cunhada e a estilista da loja.

Já faz um ano e meio que eu escolhi o modelo. Não vejo a hora que comecem a confeccioná-lo. Sei que fui antecipada, mas vocês não imaginam o quanto eu economizei.

Quando eu fechei o contrato, qualquer tecido estava com 40% de desconto. Foi no mês de julho. Acho que cai um pouco o movimento desta época, não tenho certeza. O que sei é que foi um bom momento para fazer primeira locação.

Os entendidos do assunto dizem que as noivas podem começar a ver o vestido com seis meses de antecedência, podendo ser até quatro, se não for a primeira locação. Sim, eu concordo, é verdade. Mas, é verdade também, que com menos tempo as noivas ficam reféns dos orçamentos. Não conseguem pesquisar muito e nem pechinchar. Por fim, o grande dia está próximo e as lojas sabem disso. Você é que não vai querer arriscar, vai?